Povo e memória: lauro kalfels (PSDB)


Talvez nem todos se lembrem, mas o caso que irei contar ocorreu no final do 2005. O vereador Lauro Kalfes (na época, no PSL), enviou um envelope contendo R$ 200 para a jornalista Betina Weber, de A Notícia.Ela era nova na área, e cobria a Câmara de Vereadores.

Indignada, a jornalista revelou o caso na imprensa. No fim das contas, a assessora do vereador levou a culpa. A Câmara, que não tinha comissão de ética para julgar o caso, criou a comissão. Kalfels foi escolhido para presidíla.

A maioria dos links sobre o caso se perdeu na reformulação do site de A Notícia. Mas o principal está aí. Confira em:
Vereador oferece dinheiro a jornalista - 23 de dezembro de 2005.
Lauro Kalfels (PSL) envia envelope com R$ 200,00 a profissional e admite que a prática é comum: "Faço esse ato com as pessoas que a gente gosta, que são profissionais de fato e direito. Veja só: tem gente que pede e cobra: 'Eu quero R$ 500, preciso de R$ 500, R$ 600'"

Líderes repudiam oferta de dinheiro - 27 de dezembro de 2005.
Vereador Lauro Kalfels terá de responder em comissão de ética da Câmara

Comentários

maikon disse…
Leo....
esses dias lembrava desse caso e preparava uma postagem a respeito...........
vc foi mto DEZ em lembrar....
mas nao podemos esquecer que o Lauro K faz politica com seriedade, uma seriedade em torno de 200 mangos.
hehehe
maikon k
www.vivonacidade.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil