Sem presidência ou secretaria, Tânia deve ser líder de governo

A peemedebista mais querida do prefeito Carlito Merss, Tânia Eberhardt, tem tudo para ser a líder do governo petista na Câmara de Vereadores de Joinville. Após a derrota pela presidência do legislativo para Sandro Silva (PPS) e com a impossibilidade de assumir a Águas de JOinville ou Conurb, ela deve ser agraciada com a liderança.

Por um lado, isso faz muito bem ao legislativo: não são muitos que querem Ademir Machado de volta à Câmara.

Outra opção de Carlito seria Manoel Francisco Bento (PT) ou até mesmo Belini Meurer, da corrente esquerda Socialista. Seria uma forma de agradar uma das alas mais à esquerda do partido e também isolar a Esquerda Marxista, do vereador Adilson Mariano.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil