Filiação ao PV não é rompimento com o PT, diz Marina

A


A senadora Marina Silva, que deve se filiar ao PV neste domingo, declarou ontem, em reunião do executiva nacional do PV, que sua mudança de partido não significa um rompimento com o PT e seu governo.

"Eu vou me encontrar com o PT na vizinhança [no Acre]. Sair de casa para construir uma outra casa ou ajudar a construir a casa que já está a muito tempo começada, são 24 anos [de PV], não significa um rompimento com aqueles que deixamos, significa que seja só talvez seja uma forma de continuar convivendo, e se encontrando pela vizinhança e nos sonhos daqueles que se dispõe a sonhar", afirmou a senadora.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil