Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2009

Haja reservas

A
A

Um material feito pela assessoria de imprensa do Senado - Senado este presidido por José Sarney (PMDB) - está seguindo o tom dado pela imprensa comercial, tentando criminalizar e esvaziar a primeira Conferência Nacional de comunicação.

Com a manchete Senadores veem conferência com reservas: Ideologização dos debates e inclusão de 'temas extravagantes' podem diminuir impacto do evento, que tem apoio do Senado, o material da assessoria tenta desmerecer uma luta de décadas pela alteração do marco regulatório das comunicações no Brasil à patamares civilizados.

Nesse material, os "nobres" senadores Flexa Ribeiro (PSDB-PA), Antônio Carlos Magalhães Junior (DEM-BA), Wellington Salgado (PMDB-MG) e Sérgio Zambiasi (PTB-RS) destilam veneno contra a conferência.

Vale ressaltar que, conforme o Projeto Excelências apurou, ACM Junior, Welligton Salgado e o próprio presidente do Senado, José Sarney, são concessionários de emissoras de Rádio e Televisão. ACM Junior e Sarney, diga-se …

Bases do PSOL querem candidatura própria em 2010

Imagem
A

Heloísa Helena e Marina: bases do PSOL não estão satisfeitas
As movimentações que buscam costurar uma aliança entre o PSOL e o Partido Verde (PV) começam a enfrentar resistência na base dos socialistas.

Desde que a presidente nacional do PSOL, Heloísa Helena, mergulhou de cabeça na candidatura Marina Silva - sem o aval definitivo de seu partido - , diretórios regionais e municipais tem lançado notas contra a coligação e em favor da candidatura própria.

Até agora, cinco diretórios estaduais e quatro diretórios municipais se pronunciaram contra a coligação. Os estados do Ceará, Bahia, Sergipe, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, e as cidades de Porto Alegre (RS), São Bernardo do Campo (SP), Niterói (RJ) e Joinville (SC) lançaram notas defendendo que os socialistas re-editem a Frente de Esquerda (PSOL-PSTU-PCB) numa coligação sem o PV.

Tendências

O PSOL é um partido que agrega diferentes grupos de pensamento, chamados de tendências. Até agora, dos nove grupos mais expressivos, quatro já lanç…

Parlamento cubano vai discutir legalização de casamento e adoção para homossexuais

Imagem
A

HAVANA, 27 NOV (ANSA) -

A filha do presidente de Cuba, Raul Castro, e diretora do Centro Cubano de Educação Sexual (Cenesex) afirmou ontem que o parlamento da ilha caribenha estudará a possibilidade de legalizar a união civil entre homossexuais e a adoção de crianças por casais do mesmo sexo.
Mariela Castrou falou durante um evento em Havana sobre a prevenção na luta contra a Aids. De acordo com ela, o Cenesex pede a introdução de um novo texto "para legitimar os direitos dos homossexuais".

As modificações, que seriam introduzidas no Código de Família, são uma iniciativa da Federação de Mulheres Cubanas (FMC), organização da qual o Cenesex participa.

A sexóloga assegurou que seu pai -- que assumiu a presidência do país centro-americano em 2006 ao substituir o irmão, Fidel Castro, quando este se afastou do cargo por motivos de saúde -- apoia a ação.

A filha de Raul Castro é um dos grandes nomes do combate à homofobia em Cuba. Devido a seu trabalho, o governo da ilha aprov…

PSDB de Joinville: tradição em casos de corrupção

Imagem
A
Este post surgiu, originalmente, em novembro de 2009. A ideia era listar as matérias publicadas na imprensa que falassem sobre a grande corruptela que é o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) em Joinville. Como os casos e as condenações não param de acontecer, resolvi criar uma sessão fixa, com chamada na capa do blog para que todos possam relembrar as agruras do governo demo-tucano.

Segue as principais notícias.

Os escândalos tucanos em Joinville

24 de abril de 2005
Delegado Marcucci já está preso- O então vereador Delegado Marco Aurélio Marcucci (PSDB) e outros seis policiais civis foram presos sob a acusação de extorquir dinheiro de arrombadores de caixas eletrônicos, os famosos caixeiros, entre dezembro de 2004 e fevereiro de 2005. Ele ficou preso por quase dois anos, não foi cassado pela Câmara de Vereadores. Mas em 2008, não se reelegeu e foi para o PSC. 

23 de dezembro de 2005
Vereador oferece dinheiro a jornalista – O vereador Lauro Kalfels (PSDB) tentou subornar a…

Fábio Dalonso: o fim de uma carreira promissora?

Imagem
A

Fábio Dalonso era um político promissor dentro do PSDB de Joinville. Em 2004, concorreu a vereador pela primeira vez na vida, sendo o mais votado do PSDB, com 4.875 votos. Logo que chegou ao parlamento joinvilense, foi eleito vice-presidente da Câmara, em dobradinha com Darci de Matos (DEM).

Darci se elegeu deputado estadual, e Dalonso virou presidente da Câmara ainda no primeiro mandato. Ganhou prestígio na cidade e era visto como um dos quadros da “renovação” do PSDB, que iriam reoxigenar o partido.

Em 2008, a pedido dos tucanos, Dalonso seguiu, mais uma vez, em dobradinha com Darci de Matos, mas agora, para prefeito e vice de Joinville. Era uma eleição “ganha”: Darci aparecia em primeiro lugar nas pesquisas desde 2007. Mas no meio da campanha, quase no fim do primeiro turno, Carlito Merss (PT) virou a mesa. Era o começo do fim.

Ambos foram ao segundo turno. A campanha demo-tucana apelou para a baixaria e para o terrorismo contra o PT, num discurso reacionário que costumava funcionar …

Congresso em Foco: Gravação deflagra esquema de desvio de dinheiro envolvendo Paulo Bauer, Fábio Dalonso e Acélio Casa Grande

Imagem
A

Uma gravação obtida pelo site Congresso em Foco (ouça aqui) deflagrou um suposto esquema de desvio de verbas e contratação de funcionários fantasmas envolvendo o Secretário de Estado da Educação de Santa Catarina, Paulo Bauer (PSDB), o deputado Acélio Casagrande (PMDB) e o ex-vereador Fábio Dalonso (PSDB).

Segundo o Congresso em Foco, o desvio ocorria através da contratação de funcionários fantasmas no gabinete de Acélio Casagrande, do PMDB de Criciúma. O salário da funcionária em questão era repassado diretamente para Fábio Dalonso, para financiar a campanha tucana em Joinville. Bauer e Dalonso sairiam em dobradinha, o primeiro a federal e o segundo a estadual.

Para entender o esquema

Paulo Bauer não se reelegeu para a Câmara dos Deputados em 2006. Após perder a eleição, assumiu a secretaria de Educação no governo Luiz Henrique da Silveira (PMDB). Em 2008, com a vitória de Djalma Berger (na época PSDB, hoje, PSB) para a prefeitura de São José, Bauer poderia assumir a cadeira na Câmara,…

Canto Geral vence na UFSC

Imagem
AS
SA

A
Com quase 900 votos à frente da segunda colocada, a Chapa Canto Geral venceu as eleições para o Diretório Central dos Estudantes Luiz Travassos (DCE UFSC), em Florianópolis.

Três chapas concorreram ao DCE. Além da Canto Geral (Chapa 1), os estudantes tinham como opção a Chapa 2 ("Luta e Poesia") e a chapa 3 ("Ousar Lutar").

A Chapa 1 marcou 59%, com 1.941 votos. A Chapa 3 também passou dos mil votos, com 1.063 sufrágios (32%). Já a chapa 2 fez 283 votos (9%).

A Canto Geral venceu em 10 dos 14 centros universitários da UFSC. A Ousar Lutar venceu nos outros quatro.

A campanha foi marcada também por acusações sem cabimento. A chapa 2, por exemplo, foi acusada de ser financiada pela maçonaria. O engraçado é que a maioira dos militantes da Chapa 2 são ligados ao PSTU e ao Revolutas.

A chapa 1 também foi acusada de ser de "centro-direita", apesar da maioria de seus membros formarem um núcleo de socialistas independentes de partidos, o Núcleo 21 de Julho.






ONDE A …

Chapa Práxis vence eleições para o Dacs

Imagem
A
A

Atualizada às 9h01, 24 de novembro

As eleições para o Diretório Acadêmico de Comunicação Social Cruz e Souza (Dacs), do Bom Jesus/Ielusc, de Joinville, ocorridas nesta segunda-feira, tiveram um resultado bastante apertado.

A chapa da situação, "Práxis", ganhou a disputa com 53% dos votos válidos (52 votos).

A concorrente, "Dacs é pra lutar", fez 47% dos votos (46 sufrágios). A chapa contava com com o reforço da antiga presidente da gestão passada, Francine Hellmann. Seis alunos anularam o voto.

Com a vitória, os membros da Práxis ficam no Dacs até novembro de 2010, quando novas eleições serão realizadas.

O Dacs representa os estudantes dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda do Bom Jesus/Ielusc, último reduto do movimento estudantil da instituição.

Comparecimento às urnas cai 1,5%

Entre as eleições de 2008 e 2009, o comparecimento às urnas diminuiu no Bom Jesus/Ielusc. Em 2008, em eleição de chapa única, 118 alunos (31%) votaram. Agora, em 2009, 104 alunos (…

Em um ano, Serra despenca quase 15%, segundo CNT/Sensus

A

Leonel Camasão

O principal nome da oposição para a sucessão de Lula, o governador paulista José Serra (PSDB), teve queda de 14,7% nas intenções de voto entre Dezembro de 2008 e novembro de 2009, segundo levantamento do CNT/Census.

Enquanto isso, a candidata da coalizão governista, Dilma Roussef (PT), subiu 11,3% no mesmo período.

No intervalo de um ano, a pesquisa retirou o nome de Heloísa Helena (PSOL), que aparecia em dezembro com 11%, e substituiu por Marina Silva (PV), que agora aparece com 5,9%.

Ciro Gomes (PSB), que não aparecia nos mesmos cenários com Dilma em dezembro, marca 17,5%.

Reportagem da Revista Piauí de outubro revela que Serra só deverá assumir a candidatura se for para ganhar. Com a tendência de queda, é possível que Aécio Neves (PSDB) assuma a campanha, contando, inclusive, com o apoio de Ciro Gomes.

Caso isso ocorra, é possível uma coligação maior em torno do candidato do PSDB, incluindo DEM, PSB e PPS, entre outros. Apesar de Aécio não aparecer bem nas pesquisas, com …

Solidariedade a Valmir Braz

Imagem
AO dirigente sindical e militante do PSOL Valmir Braz será julgado no próximo dia 30 por crimes que não cometeu. Ele foi espancado por policiais durante uma manifestação no Distrito Federal, sem reagir, e ainda está respondendo processo por desacato, resistência a prisão e crime de agressão.

Estamos mobilizando todas as forças possíveis para exigir Justiça à esse nobre camarada.
Leia a nota do Sindiprevs sobre o assunto.

Na tarde dia 18 de setembro de 2007 os servidores do Ministério da Saúde, incluindo os servidores de Santa Catarina que estavam em Brasília participando da Marcha da Seguridade Social, seguiram para o Congresso Nacional para entregar uma carta aos parlamentares com as reivindicações da categoria. Durante a atividade, o Coordenador Geral do Sindprevs/SC, Valmir Braz de Souza, foi agredido ao tentar entrar no Congresso Nacional. A agressão foi comandada pelo chefe da segurança do Congresso e pelo chefe da Política Militar do Distrito Federal. Após sofrer a agressão, o C…

Porque apóio a chapa "Práxis" para o DACS

A

Leonel Camasão*

O movimento estudantil do Bom Jesus/Ielusc passa, mais uma vez, pelo momento de disputa no comando do Diretório Acadêmico de Comunicação Social (DACS). Na próxima segunda-feira, dia 23, os alunos de Jornalismo e de Publicidade e Propaganda deverão escolher entre duas chapas: Práxis e Dacs é pra lutar.

Estudei por quatro anos e meio no Bom Jesus/Ielusc, e participei ativamente do movimento estudantil da instituição. Junto a outros companheiros, estivemos por um ano reconstruindo o DCE do Ielusc, que estava abandonado, assim como o DACS.

Mais de um ano depois de sairmos do DCE, novos alunos se interessaram em reativar o DACS. Obviamente, a reconstrução a partir do zero gerou muitas dificuldades.

Ainda no ano passado, em eleição de chapa única, o grupo se reorganizou com novas pessoas, e uma das principais propostas era transformar o DACS em uma entidade que funcionasse sobre o princípio da direção coletiva, integrando os alunos, promovendo a participação de todas e todos. N…

Duas chapas para as eleições no Dacs

Imagem
A

Mais um ano se passou e as eleições para o Diretório Acadêmico de Comunicação Social (DACS) no Bom Jesus/Ielusc estão aí. Duas chapas concorrem à direção da entidade: Chapa Praxis e Chapa Dacs é pra lutar.

A maioria dos membros da gestão passada vão concorrer pela chapa Praxis, como Alexandre Perger (ex-presidente em 2008), Felipe Silveira, Marcus Carvalheiro e Emanuelle Carvalho. Completam a chapa Jéssica Michels, Guilherme Duarte, Bárbara Elice, entre outros. A chapa é colegiada.

Pela Dacs é pra lutar, um calouro de jornalismo concorre à presidência, Eduardo Schmitz. A chapa possui membros do curso de publicidade, como Regiane dos Santos e Mariana Zschoerper, e de jornalismo, Tiago dos Santos e Lorena Trindade. Concorrem também João Diego Leite e a ex-presidente da atual gestão, Francine Hellmann. Ambos são assessores do vereador Adilson Mariano (PT).

As eleições ocorrem nos dias

Ditadura Gay

A
por Antonio Prata, do Estadão

“Você é a favor da aprovação do projeto de lei (PLC 122/2006) que pune a discriminação contra homossexuais?” Desde que a enquete apareceu no site do senado, faz umas semanas, evangélicos de todo o país iniciaram uma cruzada via internet, pelo direito de ofender pessoas que namoram pessoas do mesmo sexo.

Uma senhora chamada Rosemeire, por exemplo, expondo num blog seu temor de que a lei seja aprovada, disse que vivíamos “O início da Ditadura Gay no mundo!”. Pelo que entendi, Rosemeire acredita que está em curso uma batalha global, travada entre héteros e homossexuais, pela hegemonia na Terra. Hoje, os héteros estão vencendo, mas é só porque têm amparo legal para chamar os gays de viadinhos, as lésbicas de sapatonas e rir das piadas do Juca Chaves. No momento em que passarem a punir quem ofender pessoas que namoram pessoas do mesmo sexo, elas perceberão que chegou a hora, sairão todas correndo da The Week e tomarão o poder.

Imagine só, Rosemeire? Criancinhas …

“É lamentável, mas é a vida”

A
A
Quero aqui fazer uma espécie de resposta aos dois últimos comentários na publicação “Interiorizar a UFSC é federalizar a Univille”, que publiquei no blog em 10 de novembro. Um dos comentários foi feito por algum membro do movimento Articulação Estudantil (ARTE), e o segundo, pelo militante anarquista e sempre camarada (apesar das divergências, rs), Maikon K.

Maikon indaga-se por quais motivos a administração da Univille estaria disposta a peitar a federalização, se em 2005, não estava. Acredito que a administração da Univille teme a falência do sistema Acafe. Entre a privatização completa e a federalização, creio que eles optam pela segunda, pois a privatização incluiria uma série de problemas, como demissões nos altos escalões da universidade.

A federalização pode ocorrer numa modalidade que incorpore os atuais funcionários como servidores, mas isso é um debate técnico legal que ainda não possuo muita informação sobre viabilidade, apesar de ser favorável.

De qualquer forma, acredito q…

"Ficou a ideia" - Entrevista com Luiza Erundina

Imagem
A
Na tarde do dia 9 de setembro, Luiza Erundina recebeu a equipe, digamos, do TarifaZero.org na casa que lhe serve de base, de escritório, em São Paulo, para conversar sobre a política de transporte coletivo que marcou – ou deveria ter marcado – seu governo.

Muito do reconhecimento de Erundina na política se deve pela experiência de governar a cidade de São Paulo entre 1989 e 1993. Era a primeira vez que o PT chegava ao poder executivo de uma megalópole e Erundina trazia consigo novos ares para a política nacional. Mulher, nordestina, com um histórico de lutas em movimentos sociais, ela precisou vencer resistências até mesmo dentro do partido. Eleita, montou um governo repleto de nomes de peso, como Paulo Freire, Marilena Chauí e Paul Singer, adotando como lema a idéia de “inversão de prioridades”. Ou seja, a compreensão de que era necessário redirecionar as políticas para aqueles que mais necessitavam delas. Aquele governo entrou para a história também como o responsável pela promoção …

Interiorizar a UFSC é federalizar a Univille

A

O recente seminário para debater um novo marco regulatório para as universidades comunitárias revelou a verdadeira situação do sistema Acafe em Santa Catarina: ele está à beira da falência. O evento contou com vários debates sobre o financiamento e a viabilidade econômica dessas instituições, ameaçada por vários motivos.

Enquanto o movimento estudantil acusa as reitorias de má-gestão e até mesmo de corrupção, propostas como a do deputado Darci de Matos (DEM) objetivam retirar dinheiro das universidades comunitárias para entregá-las às universidades privadas. Para piorar o quadro, a interiorização da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) está sendo feita de maneira atropelada, ouvindo apenas a classe empresarial. Isso mostra como os governos estão errando a mão nas políticas de ensino superior para a região.

Enquanto a Acafe agoniza, esperando que a prefeitura pague a dívida de R$ 21 milhões, a implantação da UFSC em Joinville já se demonstrou corroída por casos de corrupção na…

MNDH repudia tortura em Santa Catarina

Imagem
O Movimento Nacional de Direitos Humanos, chocado diante das imagens mostradas pela TV (ao ar pela TV Globo no programa Fantástico de domingo, dia primeiro de novembro, e nos telejornais da emissora no dia 2), em que três presos são barbaramente torturados, exige o imediato afastamento e substituição de todos os agentes públicos do Sistema Penitenciário de Santa Catarina, envolvidos nesse vergonhoso episódio, para que se tenha investigação ampla e transparente do ocorrido. Mais ainda, a identificação e a prisão, com o devido processo administrativo e criminal, daqueles que participaram diretamente das torturas a três presos dentro de um banheiro do presídio.

Ë muita frágil e ineficiente a atitude doGovernador do Estado, Luis Henrique da Silveira, que afastou apenas um dos torturadores, embora as imagens mostrassem que havia ali pelo menos dois (enquanto outros assistiam ao crime).

Não há dúvidas que os gritos, gravados, podiam ser ouvidos de longe. Não houve socorro aos torturados, que …