Operação Transparência poderá indiciar Leonel Pavan, diz jornal

A
Foto_M_32684

Diário Catarinense afirma que existem gravações que incriminam vice-governador

O superintendente da Polícia Federal em Santa Catarina, Ademar Stocker, confirmou na manhã desta quinta-feira o indiciamento de dois empresários e cinco servidores públicos estaduais pelos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva e advocacia administrativa. No bastidores, fala-se abertamente que um dos indiciados é o vice-governador Leonel Pavan (PSDB). Conforme publicado no blog do jornalista Moacir Pereira, existiriam conversas telefônicas que confirmariam que Pavan tentou interferir na Secretaria da Fazenda para dar a inscrição para a empresa. A Arrows não conseguiu a inscrição. Segundo a PF, “servidores honestos” impediram a fraude. A coletiva de imprensa durou apenas 10 minutos. A PF não divulgou os nomes dos envolvidos, pois o processo corre em segredo de Justiça.

O inquérito da Policia Federal sobre a Operação Transparência contém gravações telefônicas do vice-governador Leonel Pavan com os empresários que faziam apelos e pressões para obter o restabelecimento da inscrição fiscal. Mas também imagens consideradas devastadoras por quem já teve acesso ao processo.
São cenas de encontro de Pavan com um dos empresários no Aeroporto Hercilio Luz, em Florianópolis
, afirma o blog do Moacir Pereira.

PSOL não descarta realizar “Fora Pavan”, diz Afrânio

O presidente do PSOL Santa Catarina, Afrânio Boppré, participou nesta quarta-feira do programa Conversas Cruzadas, no canal fechado TVCOM. Convidado para participar do debate sobre o dia nacional contra a corrupção, Afrânio citou o caso envolvendo Pavan.

“O PSOL já estimulou o Fora Yeda, o Fora Renan, o Fora Sarney e agora o Fora Arruda, e quem sabe agora, vamos fazer o fora Pavan”, afirmou, durante o debate. Afrânio também destacou que a corrupção é inerente ao sistema capitalista, o que deixou o apresentador, Renato Igor, bastante alterado.

Reproduzido do www.psolsc.org.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil