Marina Silva e o Belo Monte (de merda)

A senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva (PV-AC), tem tido posições controversas sobre a construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. Alvo de duras críticas de movimentos ambientalistas, ONGs, comunidades indígenas e ribeirinhas, a construção da hidrelétrica pode ter impactos nada agradáveis às comunidades e à Amazonia.

Em outubro do ano passado, após assumir a pré-candidatura a presidência, Marina Silva já havia dado declarações a favor da usina."Não há como fugir do aproveitamento energético do rio Xingu". declarou.

Após a polêmica em sites especializados em meio ambiente e desenvolvimento sustentável, Marina passou a adotar uma posição ambígua sobre a Usina. Apesar da imprensa noticiar que apenas ela e o pré-candidato do PSOL, Plínio de Arruda Sampaio, sejam contra a construção da hidrelétrica, a própria Marina declarou à Agência Estado.

"Não tenho posição a priori de ser contra ou a favor do empreendimento, mas a minha posição é de que nós temos que avaliar todos os aspectos para verificar se o empreendimento é viável ou não é viável".

Leia mais:
Plínio e Ivan Valente participam de ato contra Belo Monte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil