"Não matei, não roubei e não infringi o decoro parlamentar desta Casa", diz vereador do DEM preso em Jaraguá

O vereador José Osório de Ávila, o Zé da Farmácia (DEM), já foi solto da prisão pela Polícia Federal. Acusado de vender e contrabandear remédios proibidos no Brasil, o vereador foi preso na quinta-feira passada.

A presidente da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul, Natália Petry (PSB), garantiu que o vereador só deixará de exercer a função caso seja condenado na Justiça, com processo transitado em julgado.

"Não matei, não roubei e não infringi o decoro parlamentar desta Casa", diz o vereador.

Até a oposição está sendo cautelosa, conforme noticiou o jornal O Correio do Povo (ler aqui). "Hoje foi o Ávila, amanhã pode ser outro. Qualquer um de nós pode atropelar alguém na rua, estar embriagado e responder na Justiça. Nós temos casos como o deputado federal Antônio Palocci (PT-SP), o governador Leonel Pavan (PSDB) e o Ivo Konell (DEM) aqui em Jaraguá do Sul, todos com direito judicial de exercerem cargos públicos", afirmou Isair Moser (PR).

Leia a matéria completa no jornal O Correio do Povo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil