Plínio de Arruda Sampaio abre seminário sobre socialismo em Florianópolis


Pré-candidato a presidência da república pelo PSOL fará abertura do seminário “Desafios do Socialismo”

O presidente da Associação Brasileira de Reforma Agrária (ABRA) e pré-candidato a presidência da república pelo PSOL, Plínio de Arruda Sampaio, estará em Florianópolis no dia 27 de maio para a primeira etapa do seminário “Desafios do Socialismo”, promovido pelo PSOL. É a primeira visita de Plínio ao estado desde que foi confirmado como pré-candidato à presidência, em abril deste ano.

Plínio fará a abertura do seminário ao lado do Pós-doutor em Sociologia pela Unesp e professor aposentado do departamento de Economia da UFSC, Idaleto Malvezzi Aued, e do presidente do PSOL em Santa Catarina, Afrânio Boppré.

A primeira etapa do Seminário terá como tema “O Socialismo ontem, hoje e amanhã”, e ocorrerá na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em auditório a ser confirmado. O encontro é uma atividade para a militância do PSOL, mas é aberto à comunidade acadêmica e ao público em geral.

Próximas etapas

O objetivo do seminário é promover a formação política dos militantes do PSOL e aprofundar as discussões sobre o socialismo e os desafios para a sua efetivação. Ao todo, serão três etapas, sendo um encontro por mês (maio, junho e julho).

A segunda etapa do seminário já está confirmada, com o tema “Socialismo na América Latina”. O Mestre em Estudos Latino-americanos pela Universidade Nacional do México e Doutor em Ciências Sociais-Políticas pela PUC-SP, Waldir Rampinelli, será um dos principais convidados. O encontro ocorre no dia 2 de junho, em local a ser confirmado.

A terceira e última etapa do seminário contará com a presença do líder do PSOL no Congresso Nacional, deputado federal Ivan Valente (SP). A temática do dia será “O Socialismo e as eleições 2010”. O encontro ocorre apenas em julho, também em local a ser confirmado.

Informações
(48) 8478-6680
www.psolsc.org.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil