Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2010

Adolescente de 14 anos assassinado no Rio de Janeiro. Motivo provável? Homofobia.

Polícia Civil apresenta acusados de matar adolescente em São Gonçalo

Grupo foi autuado por homicídio e encaminhado para a Polinter de Neves. Segundo policiais, eles teriam cometido o crime por acharem que vítima era homossexual

Os três jovens acusados pelo assassinato de Alexandre Thomé Ivo Rajão, de 14 anos, encontrado morto com sinais de estrangulamento e espancamento, foram apresentados na 72ª DP (Mutuá), nesta quinta-feira.

De acordo o titular da delegacia, Geraldo Assed, o eletricista Allan Siqueira de Freitas, o brigadista Eric DeBruim, ambos de 22 anos, e o açougueiro André Luiz Marcoge da Cruz Souza, de 23, foram autuados por homicídio e encaminhados para a Polinter de Neves. Se o crime for comprovado, os três poderão pegar de 12 a 30 anos de prisão por homicídio duplamente qualificado e motivo torpe.

O corpo de Alexandre foi encontrado em um terreno baldio no Jardim Califórnia, em São Gonçalo, na última segunda-feira.

Segundo a polícia, os acusados teriam cometido o crime por se i…

Valmir Martins é o candidato do PSOL ao governo de Santa Catarina

Imagem
O professor de História Valmir Martins (à esquerda) foi indicado neste sábado (26) para concorrer ao governo de Santa Catarina pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). O nome foi aprovado por unanimidade na convenção realizada no Plenarinho da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), após a retirada do nome do outro postulante, o também professor Marcos Alves Soares, de Joinville, que ficará na vaga de vice. A convenção do PSOL também indicou 14 nomes para a Alesc e outros quatro para a Câmara Federal. O partido espera ainda uma resposta do Partido Comunista Brasileiro (PCB), que definirá sua política de alianças neste domingo, durante sua convenção nacional. Também foram indicados os nomes ao Senado, mas a definição das candidaturas esperará a resposta do PCB. Quem é Valmir Martins Valmir Martins é professor aposentado do departamento de História da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). É formado em História pela UFSC (1974), onde também concluiu o Mes…

Saramago sobre a democracia

Cor não faz diferença: Pesquisa comprova a eficiência das cotas na UnB

Cor não faz diferença Autor(es): Luísa Medeiros e Ariadne SakkisCorreio Braziliense - 17/06/2010Os alunos negros aprovados na Universidade de Brasília pelo sistema têm rendimento bem próximo ao dos demais estudantes. Os especialistas que realizaram o levantamento afirmam que o programa, adotado em 2004, atingiu seus objetivos. Ontem, o Senado aprovou o Estatuto da Igualdade Racial.Estudo revela que a diferença no desempenho entre os cotistas e os não beneficiados pelo sistema é menor do que a verificada entre mulheres e homensUma pesquisa que analisou o sistema de cotas antes e depois de ser implantando, no segundo semestre de 2004 na Universidade de Brasília, mostrou que comparado a outras políticas de acesso do negro ao ensino superior — que levam em consideração a renda familiar ou o histórico escolar — é o mais eficiente para promover a diversificação de raças dentro da universidade. O acesso à universidade representou também um incentivo à identidade raci…

A Globo e o lançamento das candidaturas de Dilma, Marina e Serra

Fonte: Jornalismo B
15 junho 2010 Como já foi comentado em outro post aqui do Jornalismo B, parte da imprensa dita independente tem tido rompantes de cegueira pré-eleitoral, deixando a simpatia por um partido – no caso o PT – fechar olhos, tapar ouvidos e silenciar bocas e mãos. No fim da última semana tivemos uma amostra clara dessa tendência, mas no sentido inverso. Na ânsia de criticar a grande imprensa, alguns blogueiros e twitteiros erraram a mão, se precipitaram, e não se preocuparam em admitir o erro depois.No último sábado (12/06), o candidato do PSDB à presidência da República, José Serra, lançou sua candidatura oficialmente. O Jornal Nacional, em uma cobertura de quase cinco minutos, retomou sua trajetória política, mostrou o clima que antecedeu o evento de lançamento, apresentou algumas das propostas apresentadas, e deu espaço para falas dos principais apoiadores e do próprio candidato.Então começou a gritaria, acusando o Jornal Nacional de dar muito mais espaço…

PMDB ameaça intervir no diretório de SC se aliança com DEM continuar

JEAN-PHILIP STRUCK
DE SÃO PAULO A Executiva Nacional do PMDB determinou há pouco que o diretório do partido em Santa Catarina desfaça a aliança com o DEM até a próxima quinta-feira. Caso contrário, irá intervir no diretório estadual. Ontem, o pré-candidato do PMDB ao governo do Estado, Eduardo Pinho Moreira, se retirou da disputa e anunciou apoio ao pré-candidato do DEM, Raimundo Colombo, ao cargo. A aliança com o DEM, não é um consenso entre os peemedebistas catarinenses. Parte do partido defende o apoio à candidatura da senadora Idelí Salvati (PT) ao governo, como o ex-governador Paulo Afonso. O grupo de Pinho Moreira contrariou a cúpula nacional do partido, que oficializou no sábado passado uma aliança com o PT em torno da candidatura de Dilma Rousseff à Presidência. Sem a pré-candidatura de Pinho Moreira, Dilma perde um palanque no Estado. Na semana passada, a cúpula nacional do PT impôs aos diretórios estaduais do partido em Minas Gerais e no Maranhão alianças com …

Super-jornalismo da Folha

A Folha de São Paulo fez uma matéria realmente "incrível" sobre o lançamento oficial de José Serra a presidência da república. A manchete diz "Governo tem esquadrão de militantes, diz Serra". No texto, serra acusa o governo de "montar um esquadrão de militantes pagos com dinheiro público".

E mais lá no fim do texto, em uma linha e sem destaque: "A reportagem apurou que muitos militantes receberam R$ 35 para ir à convenção [ de Serra]".

Não entendeu? de novo. O que o repórter apurou é: Serra paga R$ 35 para "militantes" irem à convenção. E a manchete é Serra acusando o governo de "montar um esquadrão de militantes pagos com dinheiro público", sem nenhuma prova ou evidência.

Leia aqui.

Sem hipocrisias

A Constituição brasileira assegura que todo brasileiro seja tratado como igual. Agora o debate eleitoral dará a oportunidade de fixar a posiço dos candidatos a respeito da luta GLBT

A atividade sexual sempre foi objeto de atenção por parte das religiões e dos integrantes da classe dominante, com formas de controle da sexualidade que levam à dominação e à opressão. Isto não é aceitável porque está na raiz do preconceito e da discriminação.

O grande avanço humanista que as rebeliões estudantis da metade do século XX representaram foi precisamente a denúncia da hipocrisia burguesa em relação ao sexo. A sociedade tomou outra forma depois desse movimento – e para melhor.

Preconceitos e discriminações são comportamentos longamente arraigados e difíceis de extirpar. Aqui no Brasil já caminhamos bastante no que se refere à orientação das pessoas em relação ao sexo, mais ainda há muito que fazer.

No dia 19 de maio, a convite das organizações gays brasileiras, estive na I Marcha Nacio…

Drogas em Portugal: a descriminalização funciona?

Imagem
Por Maia Szalavitz, da Revista Time

Qual é o país europeu que possui a legislação mais liberal sobre o uso de drogas? (Dica: Não é a Holanda). Embora a sua capital seja notória entre os usuários de maconha e estudantes de faculdade, principalmente pelos “cafés” onde o uso é permitido, de fato a Holanda nunca legalizou as drogas - os holandeses simplesmente não aplicam as suas leis contra os “cafés”.

A resposta certa é Portugal, que em 2001 foi o primeiro país europeu a abolir oficialmente todas as penas criminais para posse de drogas, incluindo maconha, cocaína, heroína e metanfetaminas.

Por recomendação de uma comissão nacional encarregada de resolver problemas relativos às drogas em Portugal, a prisão dos antigos infratores foi substituída com a oferta de terapia. O argumento era o medo de viciados em unidades prisionais no subsolo, além de que a prisão é mais cara do que o tratamento - por que não, então, em vez de prisão, prestar serviços de saúde aos dependentes químicos? Nos termo…

GRT invade Udesc em Florianópolis

NOTA DE REPÚDIO À INVASÃO DA UDESC PELA POLÍCIA

Na noite de 31 de maio, frente a uma manifestação de estudantes na entrada principal do campus da UDESC no Itacorubi, contrária ao aumento das tarifas de ônibus urbanos na capital, uma ação da Polícia Militar, sob o comando do tenente-coronel Newton Ramlow, resultou na agressão, no espancamento e na detenção de pessoas, com invasão do campus da UDESC.
Apesar da alegação de "garantia da ordem e do direito de ir e vir dos cidadãos", o aparato policial, paradoxalmente, prejudicou o fluxo de veiculos, confinou os estudantes dentro do campus e promoveu uma sucessão de atos de violência e brutalidade. Policiais armados de cassetetes, arma taser, gás pimenta e cães criaram um confronto desigual e inadmissível em contraste com os manifestantes, que promoviam uma passeata pacífica, fundamentada em uma postura de cidadania legítima e coerente com o que se espera de acadêmicos críticos e preocupados com os problemas da cidade em que vivem, entre eles, o estado vergonhoso do transporte…

PM invade a Udesc e prende estudantes

Imagem
1 de junho de 2010 Texto por Celso Martins
A Polícia Militar invadiu o campus da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) na noite dessa segunda-feira, no bairro do Itacorubi (Florianópolis-SC), espancando e prendendo cerca de seis estudantes. Eles se manifestavam pacificamente contra o aumento nos preços das passagens do transporte coletivo, quando passaram a ser hostilizados pelos policiais. As duas entradas da instituição foram fechadas. No local funcionam a Reitoria da Udesc, o Centro de Educação a Distância, Centro de Artes (CEART), Centro de Ciências Humanas e da Educação (FAED) e o Centro de Ciências da Administração e Sócio-Econômicas (ESAG), além da Biblioteca Universitária e outras instalações.
Os estudantes tentaram negociar a ocupação de meia pista da avenida madre Benvenuta para uma passeata até a UFSC e a PM negou. Tentaram se deslocar pela calçada, mas também foram impedidos. Na seqüência ocorreu a invasão do campus e as prisões.
Alunos, professores e funcionários f…

Minha Casa, Nossa Dívida

"De modo matreiro, a massiva propaganda oficial olvida que o programa burla a lei de licitações, ao gastar dinheiro público com obras contratadas sem licitação" Oswaldo Martins Rizzo*“A história é uma galeria de quadros onde há poucos originais e muitas cópias”(Tocqueville)Devagar com o andor que o Brasil passa tão-só por outra fugaz expansão propiciada, notadamente, pelo insustentável ciclo de crédito pessoal pré-eleitoral financiador do consumo que findará com a explosão da inadimplência, pois a massa salarial continua inelástica. Para o Banco Central (BC), 20% dos brasileiros tem dívidas equivalentes a quatro vezes a renda média nacional mensal.Preocupado com os ruinosos efeitos eleitorais da mega crise financeira global de 2008, o governo federal trocou os superávits fiscais neoliberais por déficits orçamentários aquecedores de demandas, minimizando a recessão. Adaptando o receituário neo keynesiano aos trópicos e pressionadas pelos lobistas, as autoridades escolh…