Candidato a deputado estadual do PDT é flagrado com cheques furtados na Grande Florianópolis

Genísio Xavier (PDT) e outro homem, que teria fornecido folhas de cheque, acabaram detidos

O candidato a deputado estadual Genísio Hercílio Xavier (PDT), de 43 anos, foi preso em flagrante por tentativa de estelionato e receptação depois de tentar comprar combustível num posto em Palhoça, na Grande Florianópolis, com cheques roubados.

O flagrante aconteceu na noite de terça-feira. Ele e Samuel Anderson Andrade, 42 anos, apontado como o fornecedor do dinheiro falso, continuavam detidos na carceragem da Delegacia da Comarca, no início da manhã desta quarta.

Ambos devem ser transferidos para um presídio da região nas próximas horas.

Como foi

Xavier foi abordado pela polícia quando trafegava num automóvel pelo bairro Aririú, próximo à BR-282, na noite de terça-feira. Policiais militares que faziam rondas pela região pararam o carro dele depois de receberem denúncia, do gerente de um posto de combustíveis na região, de que o motorista teria pagar o abastecimento do carro com cheques furtados.

O responsável pelo posto negou-se a receber o pagamento depois de descobrir que os documentos tinham registro de furto. Xavier teria dito que os cheques eram de um parente.

Com o candidato teriam sido encontradas pelo menos duas folhas de cheques em branco em nome de terceiros.

Conforme o relato dos policiais militares, envolvidos na prisão, à Polícia Civil, Xavier disse que tinha "comprado" os cheques de Andrade, dono de um ferro-velho na região.

Os policiais foram até o estabelecimento, onde um funcionário trabalhava sozinho. Mais sete folhas de cheque de procedência duvidosa foram encontrados no local.

O trabalhador acabou detido e informou aos policiais onde Andrade, dono do estabelecimento e susposto responsável pelos cheques, morava.

O fornecedor dos cheques foi localizado com outras três folhas de cheques. Ele, Xavier e Andrade foram levados à delegacia e autuados em flagrante: o candidato por receptação e tentativa de estelionato e Andrade por receptação.

O funcionário do ferro-velho acabou liberado. Segundo informações preliminares, os cheques teriam sido furtados de empresas da região.

Uma equipe de reportagem da RBS TV está na delegacia e tenta, desde cedo, conversar com os suspeitos para saber a versão deles sobre o caso.

Fonte: DIARIO.COM.BR

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Norival Silva pega 12 anos por corrupção passiva

Uma homenagem ao Movimento Estudantil

Sandro Silva renuncia mandato de vereador e Carlito poderá ter maioria na Câmara