BOMBA: Carro Oficial da Prefeitura de Florianópolis é flagrado com propaganda eleitoral de LHS

Um carro oficial da prefeitura de Florianópolis foi flagrado na tarde desta segunda-feira na BR-101, em Biguaçu, transportando material de campanha do ex-governador e candidato ao Senado Luiz Henrique da Silveira (PMDB). A suspeita é que o veículo era utilizado pela campanha de LHS com todas as despesas de combustível pagas pela Prefeitura de Florianópolis - esta também administrada pelo PMDB de Dário Berger.

Pelas evidências, são poucas as chances do fato ter sido apenas "um equívoco". O carro oficial da prefeitura de Florianópolis - que não contém nenhuma identificação espefífica - estava utilizando placas falsificadas para disfarçar sua utilização.

Segundo reportagem publicada no Diário Catarinense, a Polícia Rodoviária Federal suspeitou do veículo porque a placa possuía uma numeração mais antiga, apesar do carro ser de um modelo novo (um Vectra). O veículo oficial portava a placa falsa com número LYD-9458. A placa verdadeira (MGP-3056) estava no porta-malas.

No carro, foram encontrados vários materias da campanha, além de R$ 1,8 mil em dinheiro.A prática - utilizar a máquina pública em campanhas eleitorais - é crime gravíssimo.O veículo é vinculado ao Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis. A prefeitura da cidade não soube explicar porque um veículo oficial estava fazendo campanha com placas falsas.

Fonte: Diário Catarinense

Nossa opinião
A pergunta que fica é: quantos outros veículos de prefeituras administradas pelos partidos que apóiam Luiz Henrique da Silveira, como PMDB, PSDB e DEM, estão sendo utilizados na campanha eleitoral com tudo pago? Aliás, pago por nós, já que quem paga a manutenção dos veículos, a gasolina e todo o resto são os nossos impostos.

É por isso que o eleitor deve pensar muito, muito bem antes de votar em Luiz Henrique e sua turma nas eleições 2010. Já não é de hoje que casos de corrupção envolvem o ex-governador e os seus aliados. Quem não se lembra do escândalo de propinas envolvendo o então vice e atual governador Leonel Pavan (PSDB)? Se não lembra, clique aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil