Ivan Valente é reeleito deputado federal em São Paulo com mais de 189 mil votos!

Depois de muita apreensão, já era madrugada deste dia 04 de outubro quando foi possível confirmar a reeleição do deputado federal Ivan Valente. Com 189.014 votos, Ivan foi 15o deputado mais votado em São Paulo. O PSOL ultrapassou a marca dos 317 mil votos, cerca de 12 mil além do quociente eleitoral necessário. No entanto, com a insegurança jurídica criada pela falta de decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) acerca do projeto Ficha Limpa, ainda há o risco do quociente eleitoral crescer.

A apreensão da coordenação da Campanha Ivan Valente era se a margem de votos acima do quociente seria suficiente para garantir a eleição do mandato mesmo se o Supremo vier a derrubar o Ficha Limpa e validar os votos de candidatos como Paulo Maluf, que recebeu quase 500 mil votos dos eleitores paulistas. Totalizados os votos dessas candidaturas por ora indeferidas e finalizada a apuração, foi possível confirmar a reeleição definitiva do deputado federal Ivan Valente.

A festa foi geral! A militância e os apoiadores do PSOL, que já estavam reunidos na sede do partido acompanhando a apuração, finalmente puderam comemorar.

O deputado Ivan Valente, que acompanhou a apuração de casa com a família, se juntou a todos no final. Num breve discurso, agradeceu o esforço e envolvimento de todos na campanha.

“Hoje pela manhã abri uma pesquisa do IBOPE com 60 nomes de SP para a Câmara e nós estávamos fora. Mas quem participou da campanha viu que ela foi num crescente. Nosso mandato, construído coletivamente em São Paulo, foi colocando na ordem do dia temas como a CPI da dívida pública, o Código Florestal, o Plano Nacional de Educação, todo o trabalho que fizemos com o funcionalismo público, com a saúde, com os aposentados. Conseguimos ligar todas essas coisas e percebemos que a campanha cresceu por todos os méritos, pela trajetória, porque havia um voto de opinião na nossa candidatura”, disse Ivan Valente.

“Estou emocionado, com todo o sofrimento para chegarmos até aqui. O que superou isso foi o trabalho consciente de todos que participaram da campanha. Eu sou apenas um entre vocês. Sabíamos do tamanho da bronca que tínhamos pela frente. Utilizamos cada espaço da campanha, porque sabemos da dificuldade da militância de esquerda hoje. E pelo tamanho do resultado, pela proporção da vitória, ela não seria possível sem que um só aqui não estivesse junto. Os que estão aqui, os que estão em outras cidades, essa vitória em SP é a vitória do PSOL programático, político e ideológico”, avalia.

“Atingir o quociente eleitoral em São Paulo era uma tarefa gigantesca. Então quero dedicar essa vitória, socialista, a todos vocês que participaram da campanha. Vocês foram valentes! Vamos fazer um mandato marcante e continuar essa luta. Parabéns ao deputado estadual. Carlos Giannazi e também aos nossos majoritários Paulo Bufalo, Marcelo Henrique e Plínio. E ao nosso companheiro de luta e combate Raul Marcelo, que não foi reeleito, queremos manter um trabalho companheiro e solidário juntos. Viva o PSOL!”, concluiu Ivan Valente.

O PSOL nessas eleições
Após seis anos de fundação, o Partido Socialismo Liberdade passou pela sua segunda eleição para cargos federais e estaduais com um saldo bastante positivo e a conquista de grandes vitórias. Mesmo com poucos recursos, sem receber financiamento de empresas privadas, candidatos e militantes mantiveram a coerência e a independência, trabalharam de forma transparente e ética e, como consequência dessa atitude, sensibilizaram novos eleitores em todo o país.

No Rio de Janeiro, Chico Alencar foi o segundo candidato a deputado federal mais votado do Estado, com 240.724 votos. Com isso, conseguimos eleger ainda Jean Wyllys.

A Região Norte mostrou a força e confiança no PSOL elegendo Randolfe como o senador mais votado do Amapá. No Pará, além da vitória de Marinor Brito para o Senado, comemoramos o grande resultado de Edmilson Rodrigues, o deputado estadual que recebeu o maior número de votos da população.

As Assembleias Legislativas do Rio de Janeiro e São Paulo também permanecerão com a presença do PSOL. No primeiro Estado, Marcelo Freixo se reelegeu como o segundo deputado estadual mais votado e terá a companhia de Janira Rocha. No segundo, Carlos Giannazi, poderá dar sequência à sua luta pela educação pública de qualidade com sua reeleição ao cargo.

.
CLIQUE AQUI para ver as fotos do dia de votação e apuração dessas eleições:

- Votação de Plínio de Arruda Sampaio
- Ivan Valente vota em São Paulo
- Comemoração da vitória

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil