Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2010

R$ 2,55 e R$ 2,90 pelo direito de ir e vir em Joinville

Imagem
O prefeito Carlito Merss (PT) anunciou na manhã desta quarta-feira, 29 de dezembro, os novos valores das tarifas do transporte coletivo de Joinville. A partir da zero hora do dia 5 de Janeiro, as passagens vão custar R$ 2,55 (antecipada) e R$ 2,90 (embarcada). Percentualmente, é um aumento de 10,87% na tarifa antecipada e de 7,4% na embarcada.
O aumento nas tarifas afeta principalmente a parcela mais pobre da população - trabalhadores informais, moradores das periferias afastadas do Centro e desempregados - além dos estudantes de ensino fundametal, médio e universitário.
Ele foi dado utilizando uma velha tática das empresas de ônibus: pedem um reajuste inescrupulosamente alto para que a prefeitura dê um valor menor. Nesse ano, Gidion e Transtusa queriam uma tarifa de R$ 2,88, ou ainda, 25% de aumento. Carlito também anunciou o aumento no pagar das luzes, temeroso do desgaste político que poderá sofrer, como ocorrido em 2009. O temor tem fundamento, afinal, seu Plano de Governo prevê j…

Censo IBGE 2010: O colapso da descentralização de LHS

Afrânio Boppré Leonel Camasão
Uma análise preliminar dos dados recém lançados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)[1] nos revela informações surpreendentes. Inicialmente, comparando os Censos de 2000 e 2010, a variação total da população brasileira foi de 1,17%. Em números absolutos, éramos 169.799.170 de habitantes no ano 2000. Já em 2010, somos 190.732.694. Em Santa Catarina, tivemos uma flutuação maior, na ordem de 1,55%. Nosso estado é o que mais cresceu na região Sul, pois sua população no ano de 2000 era de 5.356.360 e, em 2010, representa 6.249.682. No ranking nacional, SC é o 11° estado com maior crescimento populacional. Dos 10 estados que despontaram mais do que SC, estão seis dos sete estados do Norte e todo o Centro Oeste.
Santa Catarina destoa do Sul do Brasil. Seu crescimento é três vezes superior ao crescimento populacional do Rio Grande do Sul no período comparado. Apesar do alto crescimento populacional, exatos 100 municípios catarinenses – ou 34,13…

O Segredo que pode mudar o mundo

Imagem

Gol contra da Folha

Imagem
A Folha de S. Paulo (SP) esquece a ética e o senso de Justiça e interpreta os fatos em causa própria - sem pensar no que é melhor para o cidadão.
A manchete de hoje é um gol contra na lógica de um país democrático.
Se o Governo Federal ampliou de 499 para 8.094 o número de veículos que recebem publicidade oficial isso deve ser comemorado - e não demonizado.
Mas é que, com isso, a fatia da Folha ficou menor. E se ficou menor, o jornal da família Frias reclama. Em manchete. Como já fez com um editorial de capa, há dois anos.
Gol contra. O interesse do jornal falou mais alto que o do leitor. Assim começam as crises de uma empresa de comunicação.
Fonte: Mídia Mundo

Aumento da tarifa de ônibus sai hoje

Decisão deve ser anunciada após reunião entre Carlito e Ariel Pizolatti O reajuste da passagem de ônibus em Joinville está marcado para sair hoje. A nova tarifa custará entre R$ 2,55 a R$ 2,65 e será decidida em reunião às 10 horas entre o secretário de Infraestrutura, Ariel Pizolatti (PP), e o prefeito Carlito Merss (PT).
Os representantes das empresa Gidion e Transtusa não vão participar da discussão. Depois do novo valor ser definido, eles serão comunicados do reajuste.
No começo de novembro, as concessionárias do transporte coletivo protocolaram um pedido de aumento de 25,2% ou R$ 0,58 centavos a mais sobre a passagem, que custa R$ 2,30 (antecipada). Os técnicos da Seinfra analisaram a planilha de gastos do sistema e chegaram ao valor de R$ 2,85. Mas na avaliação de integrantes do governo, o aumento de R$ 0,55 é incompatível com a realidade e iria gerar muito desgaste político. Por isso, ficou definido que o aumento ficará em, no máximo, R$ 2,65.
Do outro lado, a Prefeitura considera …

Neste Natal, Prefeitura de Joinville anuncia aumento de até 15% na tarifa de ônibus

Imagem
O prefeito Carlito Merss (PT) deve anunciar na próxima terça-feira, logo depois do feriado de Natal, um aumento de até 15% nas tarifas do transporte coletivo de Joinville. Este será o segundo aumento anunciado em dois anos de gestão petista. O primeiro ocorreu em 2009, de 12,2%. O segundo aumento passa a valer apenas em janeiro de 2011.Com a porcentagem, o preço da tarifa deverá ser de até R$ 2,65.
O anúncio é, mais uma vez, um "presente de grego" para a população joinvilense. As argumentações da Prefeitura para justificar o aumento serão as mesmas de seu antecessor Marco Tebaldi (PSDB), a saber, reajuste menor do que o solicitado pelas empresas, tempo sem aumento nas tarifas, viabilidade econômica do sistema, etc.
Promessa quebrada, de novo
O plano de governo do então candidato petista nas eleições 2008 prometia, textualmente, o "barateamento das tarifas". A informação está transcrita nas páginas 25 e 26 do "Plano 13". Você pode conferir o Plano 13 clicand…

A esquerda do PT contra a parede

As novas movimentações do Partido dos Trabalhadores (PT) em Santa Catarina tem encurralado cada vez mais as poucas tendências e/ou figuras de esquerda que sobraram no partido. Os vereadores Antônio Batistti, de São José, e Adilson Mariano, de Joinville, são os protagonistas dessa crise, acompanhados pelo ex-vereador Nildomar Freire, o Nildão, em Florianópolis. As alianças executadas pelo PT nessas três cidades e as recentes disputas nas Câmaras de Vereadores levam a mais uma das incontáveis "crises ideológicas" às quais esses companheiros são submetidos.
Em São José, três chapas disputavam a presidência da Câmara. Batistti se candidatou - para marcar posição - contra uma candidata do PSDB, apoiada pelo prefeito Djalma Berger (PSB), e contra a oposição, capitaneada pelo PMDB. A votação foi secreta, mas Batistti acabou sendo "o candidato do prefeito", a qual ele faz tremenda oposição, e recebeu votos da tucanada josefense. Não foi eleito por uma diferença de um voto…

Tarifa do ônibus em Joinville deve aumentar pelo menos R$ 0,25

Novo preço da passagem deve ser anunciado pelo governo municipal antes do fim do ano
João Kamradt | joao.kamradt@an.com.br
Até quarta-feira que vem, a Prefeitura de Joinville define o aumento da tarifa da passagem de ônibus, que deve ficar entre R$ 2,55 a R$ 2,85. O reajuste será de pelo menos R$ 0,25.
Na proposta enviada pela Gidion e Transtusa há duas semanas, foi pedido aumento de 25,2%. Seriam R$ 0,58 sobre a passagem, que hoje custa R$ 2,30 (valor antecipado). O assunto deve ser discutido em reunião entre esta quarta e quinta-feira.
Semana passada, pelo Twitter, a Prefeitura confirmou que irá conceder o reajuste. Quando anunciar o aumento, será determinado quando o novo valor entra em vigor, em janeiro.
Desde que Gidion e Transtusa oficializaram a proposta, os técnicos da Secretária de Infraestrutura estão estudando as planilhas. Concluíram que o custo da passagem não pode ultrapassar R$ 2,85. Uma diferença de três centavos em relação ao pedido das empresas (R$ 2,88).
O último reajust…

Deputada Juliana Brizola poderá ingressar no PSOL no Rio Grande do Sul

Imagem
Juliana Brizola (PDT, à esquerda) com os vereadores Fernanda Melchionna (PSOL) e Pedro Ruas (PSOL), discutindo CPI para investigar prefeitura de Porto Alegre
A vereadora e deputada estadual eleita Juliana Brizola (PDT-RS), neta do ex-governador Leonel Brizola, poderá desembarcar da sigla fundada pelo avô e ingressar no PSOL. É o que conta reportagem de hoje no jornal Zero Hora. A matéria, assinada por Paulo Germano, retrata as tensões entre Juliana e a cúpula do partido, que ocorreriam desde 2004. De acordo com a matéria, Juliana Brizola é "um peixe fora d'água" na própria sigla" Diz a matéria
"As afrontas de Juliana já renderam chacoalhões diversos no PDT: desde 2004, ano da morte do avô, ela enfileirou protestos contra a cúpula (...) Agora em dezembro, bateu de frente com o governo municipal de Porto Alegre – comandado pelo colega pedetista José Fortunati – ao se aliar à oposição para defender a abertura de uma CPI".
Não seria a primeira vez que um quadro d…

Panfletagem contra o aumento de ônibus nesta quarta e quinta em Joinville

Imagem
Na Quarta (22) e quinta (23), a partir das 18 horas, a Frente de Luta Pelo Transporte Público se concentrará na praça da bandeira para panfletar contra o aumento das passagens.

Além de alertar a população das manobras das empresas de ônibus junto com a prefeitura, estaremos convocando um ato contra o aumento no dia 06 de Janeiro de 2011.

Quem quiser ajudar a Frente na panlfetagem, é só aparecer!


















(Panfleto)


Imprima o panlfeto e distribua em seu bairro e trabalho. (Download do panleto para impressão)

CQC faz matéria sobre homofobia

O programa CQC, que já foi acusado de homofóbico por conta das piadinhas produzidas, fez uma matéria bem bacana sobre o tema homofobia. Sem perder o humor, o vídeo entrevista militantes, psicólogo, entre outros, para falar não só da homofobia, mas também, da onda de violência contra os LGBT em São Paulo. Vale a pena conferir

Plínio comenta aumento de salário dos parlamentares

Marinor confirmada: Não haverá nova eleição para Senado no Pará

Imagem
O senador José Nery (PSOL-PA) ao lado dos senadores
eleitos pelo PSOL Marinor Brito (PA) e Randolfe Rodrigues (AP)
O Tribunal Regional Eleitoral do Pará negou pedido do partido de Jader Barbalho e decidiu que não haverá nova eleição para o Senado no Estado. A decisão dos desembargadores foi tomada durante a última sessão ordinária do TRE-PA, nesta quinta-feira (16).

Por 3 votos a 2, a Corte decidiu que uma nova eleição traria prejuízos à população do Pará. 'Como estamos na véspera da diplomação dos dois candidatos eleitos, se o tribunal decidisse por novas eleições ficaríamos vários meses sem dois representantes no Senado Federal e o maior prejudicado seria o povo paraense', disse o relator do processo, desembargador Daniel Sobral.

Acompanhando o relator, votaram contra a realização de nova eleição as desembargadoras Maria do Céu e Vera Araújo. A favor do pedido de novo pleito votaram Rubens Leão e André Bassalo.

Com a decisão, ficam confirmadas as diplomações de Flexa Ribeiro (PSD…

Vereador do PT se rebela contra decisão de apoio ao DEM

O vereador Adilson Mariano (PT) segue, mais uma vez, discordando das decisões de seu partido. Em carta enviada à imprensa, ele critica duramente a posição do PT em Joinville ao apoiar Odir Nunes (DEM) na eleição da presidência da Câmara. Leia carta abaixo.

Em Joinville, no último dia 15 de dezembro de 2010, ocasião em que a Câmara de Vereadores elegeu a sua nova mesa diretora, três parlamentares do PT, em nome da governabilidade, votaram em Odir Nunes do DEM (inimigo declarado do PT e do Governo Carlito) para presidir o Legislativo Joinvilense no biênio 2011/2012. Na oportunidade me apresentei como candidato a presidente da casa, como já havia discutido no interior do partido. Levei meu próprio voto e mais um de uma vereadora do PSL, descontente com o rompimento de uma composição que havia sido realizada na véspera. Na última vez que Lula veio a Joinville em 13 de setembro, em comício que antecedeu o primeiro turno das eleições deste ano de 2010, Luiz Inácio afirmou que ‘Precisamos extir…

Joinville: Ônibus vai subir em janeiro

Imagem
A Prefeitura de Joinville vai definir até o final do ano o aumento das tarifas que será concedido para as empresas Gidion e Transtusa, concessionárias do transporte coletivo da cidade. Os novos valores passarão a valer a partir de janeiro. Ontem, o Executivo informou, por meio do microblog Twitter, que concederá um percentual de reajuste, conforme havia ficado acordado em abril deste ano. Mas o valor ainda não foi definido.
Na semana passada, as duas empresas protocolaram um pedido de reajuste de R$ 0,48 centavos ou 25,2%. Com isso, a passagem passaria a custar R$ 2,88 .
A Secretária de Infraestrutura estuda a planilha com as informações do custo do sistema e pretende, no começo da semana que vem, apresentar sua sugestão de valor ao prefeito.
Atualmente, a tarifa simples custa R$ 2,30 e a embarcada, R$ 2,70. “Ainda não temos um valor definido. Devemos nos reunir antes do Natal. Mas sabemos que vai haver um reajuste. Foi o que ficou acordado com as empresas”, comenta Ariel Pizzolati, secr…

Vereadores do PT elegem Odir Nunes (DEM) para presidência da Câmara

Eleição para presidência de Câmara de Vereadores é sempre uma surpresa. Mas essa foi uma das mais inusitadas dos últimos tempos. A bancada do PT em Joinville, influenciada pelo prefeito Carlito Merss (PT), ajudou a eleger seu principal opositor, Odir Nunes (DEM), para o comando do legislativo. A "tática", segundo os jornais, é abrir espaço para que o PT presida comissões importantes, como a de Finanças.
O caso é que Odir, que presidia as Finanças, usou a comissão para atormentar o governo de coalização do PT diariamente.
Votaram em Odir as bancadas do PMDB e do PDT. Alodir Cristo (DEM), somando às bancadas do PSDB e do PP se abstiveram. Adilson Mariano (PT), dissidente que não concordou com a estratégia de seu partido, lançou-se à presidência e contou com o apoio de Dalila Leal (PSL), que se sentiu traída pelo DEM.
Defensores da aliança PT-DEM alegam que a movimentação tem como objetivo enfraquecer o PSDB de Marco Tebaldi e o PP de Kennedy Nunes, em vistas às eleições 2012.
N…

Mauro Mariani e Paulo Bauer votam pelo aumento dos salários dos deputados

Imagem
A Câmara dos Deputados aprovou um polpudo aumento de 65% nos salários dos deputados federais, senadores e da presidente da república. Os dois deputados federais em exercício que representam Joinville, Mauro Mariani (PMDB) e Paulo Bauer (PSDB) votaram a favor do reajuste.
Mariani acabou se de reeleger como deputado federal mais votado de Santa Catarina. Paulo Bauer foi eleito senador, mesmo tendo um histórico envolvendo diversos casos de corrupção (veja aqui).
Santa Catarina Os deputados catarinenses também ajudaram a aprovar essa medida de duas maneiras: pelo voto explícito a favor desse reajuste, ou pela omissão, se ausentando da sessão que votou o projeto. O PMDB foi o protagonista da aprovação entre os deputados catarinenses.
Veja lista de deputados catarinenses que votaram a favor do aumento de salários
Votaram pelo aumento dos salários (8 votos) PMDB - Celso Maldaner, João Matos, Mauro Mariani e Valdir Colatto PP - Angela Amin, Odacir Zonta PSDB - Paulo Bauer PT - Claudio Vignatti
Votar…

Número de estupros creceu 84% entre 2008 e 2009 em SC

Imagem
A violência sexual contra a mulher avança a passos largos em Santa Catarina. Relatório do Fórum Brasileiro de Segurança Pública divulgado nesta terça-feira mostra que o número de casos registrados de estupro pulou de 690 em 2008 para 1.268 em 2009. Um crescimento assombroso de 84%.
O relatório traz dados bastante completos sobre outros tipos de violência, sexual ou não, assim como dados sobre população carcerária, investimentos em segurança pública, entre outros.
Baixe o relatório aqui

Afrânio Boppré é o novo presidente nacional do PSOL

Imagem
O Diretório Nacional do PSOL elegeu o economista e professor Afrânio Boppré como novo presidente do partido. O nome foi escolhido por unanimidade. A decisão é resultado da renúncia da vereadora Heloísa Helena da presidência do partido, no último dia 20 de outubro, logo após sua derrota na disputa pelo senado em Alagoas. Desde então, o partido vinha funcionando como um colegiado.
A cadeira de presidente deixou de estar vaga após uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). O PSOL propôs uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), pedindo a regulamentação de artigos da constituição no campo da comunicação social, em especial, o direito de resposta. A Ministra Ellen Gracie se negou a aceitar a Adin porque ela não era assinada pelo presidente do PSOL, mas sim, pelo seu secretário-geral, no caso, Afrânio.
“A negativa se deu porque na ação não constava o nome do presidente como representante formal do partido, mas sim o meu. Para solucionar o problema, assumi a presidência e deixamos…

No final do mandato, Lula cria Conselho LGBT e INSS autoriza pensão para casais homo

Há 21 dias do término do seu mandato, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criou o Conselho Nacional de Combate à Discriminação LGBT, justamente no dia em que a Declaração Universal dos Direitos Humanos faz aniversário.
A data também foi lembrada por outras esferas governamentais: o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) publicou portaria, também hoje, reconhecendo os direitos dos homossexuais à pensão no caso de união estável.
Sem sombra de dúvida, as duas medidas são avanços nos direitos civis da população LGBT. Mas porque deixá-las para fazer apenas no oitavo e último ano do seu governo?
A explicação, provavelmente, é política. Lula não quis se desgastar durante o mandato, e aprovou essas decisões - que apesar de justas, são polêmicas - na finaleira de seu mandato. Não será um embate para Dilma Roussef resolver e a grande maioria da população não ficará sabendo.
Reconhecemos o avanço, mas é lamentável que se tenha que fazer as coisas dessa maneira.

Wikileaks: operação revanche

Imagem
Grupo de voluntários e hackers atacou sites que, até agora, empreenderam ações que afetaram de algum modo as operações do Wikileaks
10/12/2010 Silvio González Prensa Latina
Centenas de voluntários e "hackers" favoráveis à pirataria na Internet realizam ataques cibernéticos em massa em apoio a Julian Assange, fundador do WikiLeaks, preso atualmente Londres.
Este grupo, que se autodenomina "Anônimos", atacou os servidores das empresas transnacionais de cartões de crédito MasterCard e Visa, bem como a página na Internet da ex-candidata republicana extremista à vice-presidência Sarah Palin.
Antes o grupo havia atacado a Igreja da Cientologia e a vários sites da indústria fonográfica, segundo o jornal The New York Times.
Os sites atacados até agora, em todos os casos, empreenderam ações que afetaram de algum modo as operações do WikiLeaks.
Os portais do promotor sueco que conduz o caso de Assange e do advogado que defende as duas mulheres que acusam o australiano também foram d…

PT no divã

Por Upiara Boschi*
Da senadora Ideli Salvatti (PT), terceira colocada na disputa pelo governo estadual, aos vereadores petistas do interior do Estado, uma avaliação sobre eleições de outubro é unânime: o partido subestimou a capacidade de reagrupamento da tríplice aliança. Esse foi um dos principais pontos da reunião ampliada do diretório estadual do PT, realizada no sábado na Assembleia Legislativa dois meses depois do primeiro turno.
Fora das unanimidades, foram muitos os pontos levantados pelas lideranças petistas no auditório Antonieta de Barros. Mesmo a passagem do tempo e a necessidade de mostrar unidade para emplacar nomes nos cargos federais não impediram os petistas de colocarem muitos dedos em suas próprias feridas.
Erros na comunicação, simbolizados na figura do Louro Zezé, o personalismo de uma campanha praticamente toda voltada a falar de ações do governo Lula, a desvinculação das estratégias das candidaturas de Ideli Salvatti ao governo e de Cláudio Vignatti ao Senado, o pr…

Em defesa de Julian Assange

Imagem
POR TOMI MORI*

Nenhum homem neste planeta tem enfrentado uma luta tão desigual com adversário, ou inimigo, tão poderoso como o governo americano, liderado por Barack Obama.
Um ataque moral, pois está a ser acusado e preso por ter cometido violência sexual, coisa que nega.
Um ataque político, já que é acusado de ser terrorista, sem ter sequer levantado um dedo ou disparado algum tiro.
Um ataque e guerra tecnológica, cibernética, já que o site que dirige, Wikileaks, está a ser atacado violentamente por hackers, que não saem à luz para dizer a que interesses defendem. Mas impedem que a opinião pública mundial possa aceder as informações.
Uma guerra que forçou o Wikileaks, um pequeno e valoroso exército, a bater em retirada das terras americanas, onde foi perseguido e impedido de existir de maneira totalmente arbitrária e sem que se pudesse defender.
Qual o crime de Julian Assange? Colocar à disposição de toda a população do planeta a verdadeira face dos déspotas e hipócritas que lideram todos …

O homem Gay e a Mídia

Professora de Física, Ideli será nova ministra da Pesca

A senadora Ideli Salvatti (PT-SC) irá assumir uma função inusitada no novo ministério da presidente eleita Dilma Roussef (PT). Apesar de cotada para o Ministério da Cultura ou até mesmo para a Secretaria Especial de Mulheres, Ideli ficará com o Ministério da Pesca e aquicultura.
A escolha surpreendeu pelo fato de Ideli não ter, em princípio, conhecimentos sobre esse ramo da economia. Formada em física pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), a trajetória de Ideli é ligada ao sindicalismo na categoria dos professores e ações de direitos humanos.
Desde sua criação, o Ministério da Pesca só foi ocupado por petistas catarinenses. José Fritsch - que havia ficado em terceiro lugar ao governo do estado nas eleições 2006 - assumiu a pasta, seguido por Altemir Gregolin, e agora, por Ideli.
Pior do que Ideli comandando a pesca, deverá ser a indicação de Marco Tebaldi (PSDB) para a Educação, no governo Raimundo Colombo. Tebaldi é engenheiro sanitário.

PSOL é premiado por Grupo Arco Íris do RJ

O PSOL recebeu na noite de ontem, no Rio de Janeiro, dois prêmios do Grupo Arco Íris, dedicados às personalidades e instituições que promoveram ações de visibilidade à comunidade LGBT. Um dos prêmios foi dado à Chico Alencar (PSOL/RJ) “pelo seu histórico enquanto parlamentar, defendendo as questões de direitos humanos e a pauta LGBT. [Ele] tem sido responsável pela aprovação de emendas parlamentares para a implementação de políticas públicas pró-LGBT no estado do Rio de Janeiro”.
O outro foi dado na categoria de marketing ao PSOL, pela propaganda veiculada no programa eleitoral de Paulo Bufalo ao governo de São Paulo, que exibia um beijo gay entre dois jovens.

Jair Bolsonaro (PP-RJ) defende "dar um coro" em crianças para " corrigir" orientação sexual

O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) pode ser expulso da Comissão De Direitos Humanos da Câmara dos Deputados (CDH), após sua preconceituosa/violenta/deplorável declaração em entrevista ao programa "Participação Popular" da TV Câmara, onde afirmou "O filho começa a ficar assim meio gayzinho, leva um coro, ele muda o comportamento dele. Olha, eu vejo muita gente por aí dizendo: ainda bem que eu levei umas palmadas, meu pai me ensinou a ser homem.”
Presidente da comissão, a deputada Iriny Lopes (PT-ES) afirma que tal declaração agride duas vezes os direitos humanos, por pregar a violência contra crianças e por estimular reações homofóbicas. "É um absurdo escolher para a CDH pessoas que passam longe do espírito da comissão", diz. Ela lembra que falta pouco mais de um mês para terminar o ano legislativo, mas que ainda assim é necessário alguma providência para mostrar as divergências com relação à posição de Bolsonaro.
Iriny critica os partidos que indicam para as comi…

Mulheres de 20 a 49 anos morrem mais de AIDS do que de câncer de mama

Imagem
O avanço da epidemia ocorre entre casais heterossexuais estáveis, por conta de relações extra-conjugais durante o casamento. Esse fator modificou o perfil das vítimas da doença: as mulheres.
Segundo dados do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM), a Aids é uma das principais causas de mortalidade das mulheres,tendo sido a maior causa de morte das mulheres na faixa etária de 20 a 49 anos, entre 1996 a 2009. Na mesma faixa, a AIDS mata mais do que o cancêr de mama.

Heterossexuais representam 62,3% dos infectados por HIV em Santa Catarina; homossexuais, 8,9%

Imagem
Dados divulgados pela Secretaria de saúde de Santa Catarina ajudam a descontruir o mito de que o HIV é uma doença de homossexuais. Segundo informações da secretaria, dos 23.334 casos notificados desde 1984, 62,6% ocorreram com heterossexuais. O número é sete vezes maior do que as contaminações em relações homossexuais masculinas, que representam 8,9%.
Além das contaminações por meio de relação sexual, o uso de drogas injetáveis também é um propagador da doença, representando 22,9% das contaminações registradas.
A taxa de mortalidade por Aids em Santa Catarina é bem maior que a média nacional. Aqui, são 9,2 mortes por cada mil habitantes. No Brasil, o número é de 6,1.
Com informações do Diário Catarinense