Deputada Juliana Brizola poderá ingressar no PSOL no Rio Grande do Sul

Juliana Brizola (PDT, à esquerda) com os vereadores Fernanda
Melchionna (PSOL) e Pedro Ruas (PSOL), discutindo CPI para
investigar prefeitura de Porto Alegre

A vereadora e deputada estadual eleita Juliana Brizola (PDT-RS), neta do ex-governador Leonel Brizola, poderá desembarcar da sigla fundada pelo avô e ingressar no PSOL. É o que conta reportagem de hoje no jornal Zero Hora. A matéria, assinada por Paulo Germano, retrata as tensões entre Juliana e a cúpula do partido, que ocorreriam desde 2004.
De acordo com a matéria, Juliana Brizola é "um peixe fora d'água" na própria sigla" Diz a matéria

"As afrontas de Juliana já renderam chacoalhões diversos no PDT: desde 2004, ano da morte do avô, ela enfileirou protestos contra a cúpula (...) Agora em dezembro, bateu de frente com o governo municipal de Porto Alegre – comandado pelo colega pedetista José Fortunati – ao se aliar à oposição para defender a abertura de uma CPI".

Não seria a primeira vez que um quadro de esquerda do PDT gaúcho rompe com a sigla em direção ao PSOL. Em 2005, o próprio Pedro Ruas, então no PDT, saiu do partido rumo ao PSOL.Em 2008, Ruas foi o segundo vereador mais votado de Porto Alegre.

A deputada eleita chegou a fazer uma conversa informal com o presidente do TRE-RS, acompanhada do vereador Pedro Ruas (PSOL) e do presidente do PSOL no RS, Roberto Robaina. A questão tratada seria de como trocar de partido sem perder o mandato, tendo em vista a fidelidade partidária. De acordo com a Lei, a mudança de partido só poderá ser realizada em casos de perseguição política ou caso o partido esteja atuando em desacordo com o seu programa. Ambas situações conferem no caso de Juliana, já que faz tempo que o PDT abandonou a bandeira do socialismo democrático.

Saiba mais

Comentários

AF STURT disse…
Em tempos de Brizola eu jamais escreveria isso.Mas hoje sim. Será muito bom ela ir para o PSol.Como gosta de dizer todos vcs,um partido necessário!
Leonel,
Até onde sei, a vaga da deputada é do partido (no caso o PDT). Se ela mudar pro PSOL, perde a vaga, correto?
Abraços
hahahahha
desculpe, não tinha lido o último parágrafo...
abraços

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Uma homenagem ao Movimento Estudantil