Gol contra da Folha

A Folha de S. Paulo (SP) esquece a ética e o senso de Justiça e interpreta os fatos em causa própria - sem pensar no que é melhor para o cidadão.

A manchete de hoje é um gol contra na lógica de um país democrático.

Se o Governo Federal ampliou de 499 para 8.094 o número de veículos que recebem publicidade oficial isso deve ser comemorado - e não demonizado.

Mas é que, com isso, a fatia da Folha ficou menor. E se ficou menor, o jornal da família Frias reclama. Em manchete. Como já fez com um editorial de capa, há dois anos.

Gol contra. O interesse do jornal falou mais alto que o do leitor. Assim começam as crises de uma empresa de comunicação.

Fonte: Mídia Mundo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil