Professora de Física, Ideli será nova ministra da Pesca

A senadora Ideli Salvatti (PT-SC) irá assumir uma função inusitada no novo ministério da presidente eleita Dilma Roussef (PT). Apesar de cotada para o Ministério da Cultura ou até mesmo para a Secretaria Especial de Mulheres, Ideli ficará com o Ministério da Pesca e aquicultura.

A escolha surpreendeu pelo fato de Ideli não ter, em princípio, conhecimentos sobre esse ramo da economia. Formada em física pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), a trajetória de Ideli é ligada ao sindicalismo na categoria dos professores e ações de direitos humanos.

Desde sua criação, o Ministério da Pesca só foi ocupado por petistas catarinenses. José Fritsch - que havia ficado em terceiro lugar ao governo do estado nas eleições 2006 - assumiu a pasta, seguido por Altemir Gregolin, e agora, por Ideli.

Pior do que Ideli comandando a pesca, deverá ser a indicação de Marco Tebaldi (PSDB) para a Educação, no governo Raimundo Colombo. Tebaldi é engenheiro sanitário.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil