Tarifa do ônibus em Joinville deve aumentar pelo menos R$ 0,25

Novo preço da passagem deve ser anunciado pelo governo municipal antes do fim do ano

João Kamradt | joao.kamradt@an.com.br

Até quarta-feira que vem, a Prefeitura de Joinville define o aumento da tarifa da passagem de ônibus, que deve ficar entre R$ 2,55 a R$ 2,85. O reajuste será de pelo menos R$ 0,25.

Na proposta enviada pela Gidion e Transtusa há duas semanas, foi pedido aumento de 25,2%. Seriam R$ 0,58 sobre a passagem, que hoje custa R$ 2,30 (valor antecipado). O assunto deve ser discutido em reunião entre esta quarta e quinta-feira.

Semana passada, pelo Twitter, a Prefeitura confirmou que irá conceder o reajuste. Quando anunciar o aumento, será determinado quando o novo valor entra em vigor, em janeiro.

Desde que Gidion e Transtusa oficializaram a proposta, os técnicos da Secretária de Infraestrutura estão estudando as planilhas. Concluíram que o custo da passagem não pode ultrapassar R$ 2,85. Uma diferença de três centavos em relação ao pedido das empresas (R$ 2,88).

O último reajuste foi há 20 meses. Na época, as empresas haviam pedido um reajuste de 17%, mas levaram 12,2%. Ainda não houve aumento em 2010. Em maio, foi pedido 15,2% de reajuste. Alegando que queria criar uma data fixa para discussão de reajuste, sempre em janeiro, o prefeito Carlito Merss (PT) barrou a proposta.

Naquela época, o Executivo acenava com uma tarifa de R$ 2,55, valor que agora é o mínimo considerado pela Prefeitura.

— Vamos buscar um meio termo entre o equilíbrio econômico e o custo-benefício. Mas sabemos que qualquer aumento irá gerar críticas —, fala o secretário Ariel Pizzolatti.

Outra justificativa para não dar o aumento no início de 2010 era de que, até dezembro, o governo municipal apresentaria uma nova planilha de custos do sistema, o que não ocorreu. Como a Prefeitura de Joinville não deu reajuste, Gidion e Transtusa diminuíram o índice de renovação da frota em 2010.

Dos cerca de 330 ônibus, apenas 3% foram renovados em 2010. Historicamente, o investimento na renovação fica em torno de 9%. Com o reajuste, as empresas prometem voltar a investir em ônibus novos e modernos.

A reportagem de "AN" não localizou o empresário Moacir Bogo para falar sobre o assunto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma homenagem ao Movimento Estudantil

Sandro Silva renuncia mandato de vereador e Carlito poderá ter maioria na Câmara

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil