Vereadores do PT elegem Odir Nunes (DEM) para presidência da Câmara

Eleição para presidência de Câmara de Vereadores é sempre uma surpresa. Mas essa foi uma das mais inusitadas dos últimos tempos. A bancada do PT em Joinville, influenciada pelo prefeito Carlito Merss (PT), ajudou a eleger seu principal opositor, Odir Nunes (DEM), para o comando do legislativo. A "tática", segundo os jornais, é abrir espaço para que o PT presida comissões importantes, como a de Finanças.

O caso é que Odir, que presidia as Finanças, usou a comissão para atormentar o governo de coalização do PT diariamente.

Votaram em Odir as bancadas do PMDB e do PDT. Alodir Cristo (DEM), somando às bancadas do PSDB e do PP se abstiveram. Adilson Mariano (PT), dissidente que não concordou com a estratégia de seu partido, lançou-se à presidência e contou com o apoio de Dalila Leal (PSL), que se sentiu traída pelo DEM.

Defensores da aliança PT-DEM alegam que a movimentação tem como objetivo enfraquecer o PSDB de Marco Tebaldi e o PP de Kennedy Nunes, em vistas às eleições 2012.

Não é a primeira vez que PT e DEM fazem aliança nas eleições da Câmara de Vereadores. Marquinhos Fernandes (PT) foi vice-presidente da casa no primeiro mandato de Darci de Matos (DEM) como presidente do legislativo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil