Estudantes fazem protesto no Centro de Joinville contra o aumento da passagem de ônibus


Iran Correia
Houve passeata pelas ruas centrais para reivindicar a revogação do reajuste de 10,87% concedido pela Prefeitura às empresas concessionárias

João Batista
JOINVILLE


Protesto reuniu poucas pessoas no Centro de Joinville
Integrantes da Frente de Luta pelo Transporte Público fizeram nesta quinta-feira um protesto contra o aumento da passagem de ônibus em Joinville. A mobilização aconteceu a partir das 18h na Praça da Bandeira, no Centro, e envolveu uma passeata pelas ruas 15 de novembro e Nove de Março, passando em frente à Passebus, empresa que administra o sistema de bilhetagem automática. Policiais militares estiveram presentes para fazer a segurança do grupo, mas nenhum incidente foi registrado.

Segundo o estudante André Neumann, 22, do MPL (Movimento Passe Livre), a principal reivindicação é para que o reajuste de 10,87% seja cancelado. “Queremos pressionar o prefeito para que o aumento seja revogado e, num segundo momento, iniciar a discussão sobre o atual modelo de transporte público na cidade, que precisa ser mudado”, comentou. “Estamos abertos para o diálogo, mas o governo não tem se mostrado aberto as nossas propostas”.

Para Kleber Tobler, 28, integrante do diretório acadêmico do curso de História da Univille, a ideia é também chamar a atenção da comunidade sobre a questão do transporte público. “O objetivo é unir a sociedade civil em torno da discussão do direito de ir e vir, propondo um novo sistema de transporte. Queremos conscientizar a população para uma escolha madura”, considerou ele, usando uma máscara com a foto do prefeito Carlito Merss para protestar.

Conforme os organizadores do protesto, esse é apenas o primeiro ato de luta contra o reajuste. Mais mobilizações estão programadas para acontecer, com a próxima marcada para terça-feira (11).

O aumento foi anunciado pela prefeitura no dia 30 de dezembro e passou a valer a partir da terça-feira (5), com base na variação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) entre maio de 2009 e dezembro de 2010. O reajuste elevou o preço da passagem de R$ 2,30 para R$ 2,55, sendo que a compra embarcada passou de R$ 2,70 para R$ 2,90.

Fonte: ND Online

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma homenagem ao Movimento Estudantil

Sandro Silva renuncia mandato de vereador e Carlito poderá ter maioria na Câmara

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil