Kassab troca DEM pelo PMDB em São Paulo

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), irá mesmo para o PMDB. A manobra faz parte de um elaborado plano para chegar ao governo do Estado em 2014. Com a morte de Quércia e a supremacia de Michel Temer no PMDB paulista, Kassab tem tudo para se aliar ao PT e a outros partidos para enfrentar a hegemonia de 20 anos do PSDB governando o estado de São Paulo. 

Em conversas na última semana com aliados, o prefeito disse que aguardará a eleição do novo comando do DEM, em março, para anunciar a sua saída. Kassab articula a ida dos 70 prefeitos paulistas do DEM para o PMDB, que governa 68 cidades. Assim, ele conseguiria criar a segunda maior força partidária no Estado, ameaçando a hegemonia dos tucanos, que governam São Paulo desde 1995 e têm mais de 200 prefeituras.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil