Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2011

Jean Wyllys estreia na Câmara defendendo casamento civil para população LGBT

Imagem
O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) estreou no plenário da Câmara dos Deputados no último dia 24 de fevereiro. A data marca o primeiro discurso do primeiro militante LGBT eleito para a Câmara dos Deputados. O vídeo tem pouco mais de 10 minutos e fala da trajetória de Jean.

Justiça condena Globo, RBS TV e Estado de Santa Catarina pelo caso do falso "Maníaco da Bicicleta"

Imagem
Leonel Camasão O Grupo RBS, a TV Globo e o Estado de Santa Catarina foram condenados nesta quinta-feira (24) pela Justiça de Joinville a indenizar o cidadão Aluísio Plocharski em R$ 270 mil. A decisão é resultado de uma ação movida pela família de Aluísio, falsamente acusado de ser o "Maníaco da Bicicleta" , criminoso que ficou conhecido na cidade por ser autor de vários crimes sexuais em Joinville.
O caso ocorreu no final do ano 2000, quando mulheres foram atacadas por um estuprador que se movia na noite da cidade em uma bicicleta. O medo tomou conta da cidade, e o caso ganhou repercussão na imprensa. Para acalmar a populaçã, a Polícia Civil de Joinville fraudou um retrato falado a partir de uma foto de Aluísio Plocharski. A foto foi digitalizada e alterada para se parecer com um retrato falado e foi publicada no jornal A Notícia. 
A história se repetiu
A operação foi comandada pelo delegado de polícia José Dirceu Silveira Júnior, que hoje, comanda a Delegacia de Trânsito em Jo…

Estudantes do Ielusc protestam contra demissão de professores

Imagem
Os estudantes do ensino superior do Bom Jesus/Ielusc protestaram nesta terça-feira contra a demissão indiscriminada de professores. As demissões ocorreram em pleno início de semestre, na terceira semana de aula. Edson Burg, um dos demitidos no curso de Jornalismo, foi substituido por um professor que já dava aulas de outras disciplinas no curso de Publicidade e Propaganda. Pelo visto, a ideia é cortar pessoal e ter menos professores dando mais aulas.
A desculpa para a demissão foi de que o docente não possuia o curso completo de mestrado (ele ainda está cursando). A desculpa é tão esfarrapada que, caso levada a cabo,o Ielusc deveria ter demitido outros 37 professores que ainda não concluíram mestrado.Em 2010, epicentro da crise na instituição, professores com titulações maiores, como doutorado e mestrado, foram despedidos como forma de reduzir custos.
O Diretório Acadêmico de Comunicação Social (Dacs) está capitaneando os protestos por melhores condições de ensino e por transparência n…

1ª Bicicleata contra a tarifa hoje em Florianópolis

Imagem
A Frente de Luta pelo Transporte Público convida todos a participar da 1ª Bicicletada Contra a Tarifa nesta quinta-feira (24), com saída da Concha Acústica na UFSC. No primeiro ato deste ano, além da bicicletada haverá confecção de camisetas da Frente com stencil e tela para os interessados, então tragam camisas lisas. A concentração começa às 16h e a bicicletada sai às 18h. Em caso de chuva, o evento será adiado. Venha participar deste ato em prol da mobilidade urbana e contra o aumento previsto nas tarifas de ônibus, que podem chegar a R$3,14. Traga sua bike, patins, patinete, o que quiser!
Vem pra luta, vem!
Chega de tarifa!
O quê: Bicicletada Contra a Tarifa
Onde: Concha Acústica da UFSC
Quando: Quinta-feira, dia 24, a partir das 16h

Fonte: Frente de Luta Pelo Transporte Público

Mister Gay Brasil é de Joinville

Imagem
Pela primeira vez, um representante do Sul do País é eleito o Mister Gay Brasil, concurso de beleza que existe há quatro anos. Eduardo Kamke, 29 anos, é joinvilense e representará o País na final do Mr. Gay Mundo que ocorre nas Filipinas, no dia 13 de março.

Ele foi escolhido no domingo no concurso nacional que ocorreu em um navio de cruzeiro GLS. A bordo do Freedom on Board, os misters estaduais foram avaliados pelos jurados, pelo público e receberam votos pela internet.

O gerente executivo do Portal G, Júlio César Fantin, que cuida das etapas do concurso no Sul, diz que Eduardo foi o competidor que recebeu mais votos em todas as categorias. Nas Filipinas, ele disputará com os escolhidos de 27 países.

Fonte: AN

Tarifa sobe até maio em Florianópolis

Preço da passagem poderá chegar a R$ 2,53 no cartão e R$ 3,14 para quem pagar em dinheiro
Nos próximo meses, o usuário do transporte coletivo em Florianópolis terá de pagar mais caro pela passagem de ônibus. O valor da tarifa pode chegar a R$ 2,53 para quem usa cartão e R$ 3,14 para quem paga com dinheiro. A decisão será tomada pelo prefeito Dário Berger entre os meses de abril e maio.
Por enquanto, não se sabe o valor exato do aumento na tarifa. Mas o reajuste não poderá passar do Índice Nacional de Preços do Consumidor (INPC), de 6,53%. De acordo com o secretário de Transportes do município, João Batista Nunes, 85% dos usuários em Florianópolis pagam a passagem com o cartão. Ele acredita que dificilmente o valor pago em dinheiro ultrapasse R$ 3.
Nunes argumenta que o sistema de transporte da cidade opera com o déficit de R$ 0,28 por passagem. O custo de todo o sistema, que agrega as passagens em dinheiro, cartão e tarifa social, fica na média de R$ 2,78 – valor acima dos R$ 2,38 pagos …

Bloco da Diversidade faz estreia de samba-enredo na Ivyx

Imagem
Apesar do Carnaval ser só em março, a festa já começa em fevereiro para os foliões de Joinville. No próximo sábado, o Bloco da Diversidade fará a estreia de seu samba-enredo na Ivyx Club Mix, no Esquenta de Carnaval, a partir das 23 horas. Já no Domingo, a festa continua no Grito de Carnaval, também na Ivyx, a partir das 20 horas.

De autoria do carnavalesco Jackson de Oliveira, o samba enredo Vou dormir e acordar nessa cidade no lindo sonho da diversidade homenageia a cidade de Joinville a partir de um sonho de carnaval, onde as alas representarão o festejar, o adormecer, o sonhar e o acordar de Joinville.

Além da estreia oficial do samba-enredo, o grupo estará vendendo os kits-fantasia para os foliões que desejarem desfilar no Bloco da Diversidade. O valor do kit é de R$ 10.

Financiado pelo Sistema Municipal pelo Desenvolvimento da Cultura (Simdec), o samba enredo já pode ser conferido na Internet, através do portal Youtube.
Ouça o samba-enredo

“Diferença de R$15 no salário mínimo é ridícula”, afirma Ivan Valente

Imagem
Em discurso proferido nesta terça-feira (15/2) na Câmara dos Deputados, Ivan Valente disse que a decisão sobre o mínimo é política, e não econômica. “A chantagem de que a elevação do mínimo aumenta a inflação é terrorismo do mercado. O trabalhador precisa viver com dignidade”, disse o parlamentar. “O PSOL propõe apenas que se cumpra o que o Lula prometeu: dobrar o poder de compra do salário mínimo”, acrescentou.

Leia abaixo a íntegra do discurso:

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, em primeiro lugar, quero dizer que a decisão a ser tomada pelo Congresso Nacional é política. Não é técnica nem econômica e nada tem a ver com o acordo entre o Ministro da Fazenda e as Centrais. É uma escolha política que um Governo faz indagando se o salário mínimo é importante para distribuir renda, para fazer justiça social. Esta é a discussão que queremos fazer aqui.
E é muito importante dizer que a Ministra Dilma Rousseff, agora Presidente da República, está sinalizando para o mercado financeiro um …

Kassab e Raimundo Colombo podem ir para o PSB

Imagem
PSB oferece controle local a Colombo e Kassab 
Cristiane Agostine, Ana Paula Grabois e Júlia Pitthan | De São Paulo e Florianópolis 16/02/2011
O PSB aumentou o assédio ao prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e ao governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, para que saiam do DEM rumo ao partido e não migrem para o PMDB. Segundo interlocutores do prefeito e do governador, o PSB teria oferecido o comando dos diretórios paulista e catarinense. A negociação é acompanhada de perto pelo Planalto, que resiste à possibilidade de o prefeito de São Paulo filiar-se ao PMDB. A migração de Kassab, Colombo e seus aliados ao PSB seria uma forma de evitar que a bancada do PMDB supere a do PT e volte a ser a maior da Câmara.
De saída do DEM, Kassab planeja levar consigo seu grupo político e alavancar sua candidatura ao governo de São Paulo em 2014. Colombo não diz ter interesse de mudar de partido, mas mantém o diálogo com o PSB.
A oferta do PSB a Kassab foi feita pelo presidente nacional da legenda,…

A luta se vence na rua

Imagem
Celso Vicenzi Jornalista - Florianópolis/SC
A revolução popular no Egito, que derrubou o ditador Hosni Mubarak e seu vice, Omar Suleiman, tem sido saudada como uma vitória das novas tecnologias, pelo papel que twitter, facebook e outras ferramentas tecnológicas de última geração desempenharam na comunicação entre os manifestantes. No entanto, a grande lição  dessa vitória popular é uma só: a revolução se faz nas ruas. Foi assim também na Tunísia, onde o ex-presidente Zine El Abidine Ben Ali, no poder há 23 anos, teve que fugir do país após uma onda de protestos.
Toda tecnologia virtual é bem-vinda para facilitar a comunicação entre as pessoas, mas é a ação de gastar a sola de sapato e empunhar cartazes, faixas e bandeiras nas ruas, em direção aos centros do poder, que faz toda a diferença.  
Na guerra também é assim. Os militares sabem que nenhuma guerra é ganha apenas com o uso da Marinha ou da Aeronáutica. É preciso ocupar, palmo a palmo, o território inimigo. A verdadeira luta se faz n…

Protesto de uma só pergunta

Estudantes fizeram uma manifestação no primeiro dia de matrículas na federal

O primeiro dia de matrículas para alunos do curso de engenharia de mobilidade da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em Joinville foi marcado por manifestações dos estudantes. Veteranos do curso recepcionaram os calouros com panfletos e faixas com a frase “E o campus?”, alertando para a situação da instituição, que ainda não tem uma sede definitiva na cidade.

Cerca de 600 alunos têm aulas num espaço provisório, no campus da Universidade da Região de Joinville (Univille). A cada semestre, 200 novos alunos se matriculam para ter aulas no local.

“Faltam laboratórios e o espaço é reduzido para tantos alunos”, reclama Willian Ishibaro, estudante do quarto período. “A biblioteca é pequena, não há espaço para estudo e pesquisa, e o restaurante universitário já não comporta todo mundo”, diz.

O responsável pela direção acadêmica da UFSC em Joinville, Cristiano Vasconcellos Ferreira, disse que a universidade …

Pedido de cassação de vereadores é arquivado na Câmara de Florianópolis

Os pedidos de cassação dos vereadores Ricardo Vieira (PCdoB) e Asael Pereira (PSB) foram arquivados ontem, na Câmara de Florianópolis. Os pedidos de cassação foram formulados pela bancada governista, que acusava os dois vereadores de tentarem trocar voto por dinheiro na eleição da mesa diretora. 
O plenário da Câmara estava lotado por membros de associações de moradores,lideranças comunitárias, sindicatos, militantes do PCdoB, Movimento Passe Livre, DCE Luiz Travassos, entre outros. Afrânio Boppré, Leonel Camasão e Lea Medeiros, todos dirigentes do PSOL em Santa Catarina, acompanharam a sessão. 
A acusação partiu - sem qualquer prova - dos derrotados na eleição da mesa. Todo o processo foi baseado em provas testemunhais, sendo que os depoentes eram todos interessados na vitória de Bega. O placar de votos foi de seis votos pela cassação e nove contra. Eram necessários 11 votos para concretizar a cassação. 
Leia nota do PCdoB Santa Catarina em apoio a Ricardo Vieira

Saiu no ND: Independentes

Imagem
Saiu no Notícias do Dia, em 21 de janeiro de 2011. Reproduzo abaixo.


Independentes
O secretário estadual do PSOL, Leonel Camasão, destacou que o partido em Joinville se organizou, num primeiro momento, nas mãos de um grupo político não identificado com o programa e com as práticas ideológicas.  Ele lembra que as ligações com grupos do PSDB e PMDB eram tão fortes que a executiva estadual do partido dissolveu a direção do PSOL em Joinville em 2008, às vésperas das eleições municipais. A ideia é “limpar”, antes de mais filiações. Divulgação/ND

Leonel Camasão: “A perspectiva é fazer uma limpa no partido para poder organizá-lo”

Ricardo Vieira (PCdoB) e Asael Pereira (PSB) serão "julgados" hoje pela Câmara de Florianópolis

Imagem
Os vereadores Ricardo Vieira (PCdoB) e Asael Pereira (PSB) serão "julgados" hoje pelo "Conselho de Ética" da Câmara de Florianópolis. Ambos são acusados de tentar negociar seus votos nas eleições para a presidência da Câmara da Capital. 
Os acusadores são justamente aqueles que foram derrotados nas eleições - o então candidato a presidente da Casa, João da Bega (PMDB), o prefeito Dário Berger (PMDB) e o vereador Gean Loureiro (PMDB), ex-presidente.  Jaime Tonello (DEM) venceu a eleição em uma aliança entre os partidos que fazem oposição a Berger (DEM, PP e PCdoB), mais os votos de Asael, da base governista. O problema é que os acusadores, além de não terem provas, são os mesmos que irão analisar o processo e julgar os vereadores.
Também há a grande probabilidade de tudo isso não passar de uma armação de Berger para atingir o PCdoB, principal partido de oposição desde que o PT se dividiu entre a adesão e a oposição ao prefeito. O PCdoB também trará um nome forte para a…

Para entender a revolução no Egito

Imagem
Reproduzo abaixo material publicado no Site Esquerda.net, de Portugal, com bons artigos que explicam e contextualizam a revolução em curso no Egito. Vale a pena ler.

Revolução no Egipto DOSSIER | 11 FEVEREIRO, 2011 - 19:12 Ao fim de 18 dias de mobilização, de combates de rua e de centenas de mortes, a revolução egípcia teve a sua primeira grande vitória com a queda de Mubarak. Este levante sem precedentes na história do Egipto seguiu-se à vitória na Tunísia e muito provavelmente dará o sinal para a queda de outras ditaduras no mundo árabe.
Manifestantes comemoram queda da ditadura de Mubarak. Foto do staff do Globalgrind
Neste dossier juntamos artigos que ajudem o leitor a compreender o contexto dos acontecimentos. Tariq Alicompara os acontecimentos com as revoluções europeias de 1848, e distingue-os dos do Leste europeu em 1989. Slavoj Žižek defende que a insurreição egípcia foi universal: identificámo-nos com ela, quase de imediato, em qualquer parte do mundo. Hossam el-Hamalawy, jornali…

Porque o governo Carlito está em crise

Imagem
A vitória de Carlito Merss (PT) para a prefeitura de Joinville foi carregada de simbolismos. Foi a primeira vitória eleitoral do PT ao executivo da cidade, após quatro candidaturas do próprio Carlito à prefeitura de Joinville - 1988, 1996, 2000 e 2004.

Foi também um sucesso de aglutinação no segundo turno: os candidatos Rodrigo Bornholdt (PDT-PCdoB-PSB) e Kennedy Nunes (PP-PTB) apoiaram o petista contra Darci de Matos. A "neutralidade" do PMDB permitiu que vários setores do partido estivessem com Carlito; o PV rachou, tendo o candidato Rogério Novaes com Darci e a chapa proporcional com Carlito; O PPS, que compôs chapa com o PMDB, também foi com o petista. Foi praticamente uma união de várias forças ditas de esquerda, de centro e de direita contra o blocão PSDB/DEM.

O que parecia o indicativo de um "sucesso" de um governo de coalizão ao centro e à direita, acabou rumando para um barco afundando.

Começou já com a eleição para a presidência da Câmara. Sandro Silva (P…

Caso da compra de votos: Dário está mentindo. Ou prevaricando.

Imagem
O prefeito de Florianópolis, Dário Berger (PMDB), é protagonista de mais um suposto escândalo de corrupção, desta vez, envolvendo a Câmara de Vereadores da capital. Entretanto, Berger passou ao papel de acusador, e não de réu, como de costume. 
Após ver seu candidato ser derrotado nas eleições para a presidência da Câmara de Vereadores, Dário Berger acusou os vereadores Asael Pereira (PSB) - governista - e Ricardo Vieira (PCdoB) - de oposição - de tentarem negociar apoio em troca de polpudas quantias de dinheiro.
A imprensa deu grande repercussão ao caso. A principal "prova" que apareceu foi um vídeo, supostamente gravado às escondidas, onde João da Bega (PMDB), candidato derrotado, aparece desabafando, dizendo que lhe pediram R$ 230 mil troca de votos. 
Primeira observação. Esta é a primeira vez que vejo, na televisão brasileira, um vídeo gravado supostamente às escondidas, filmar a "vítima", reclamando que foi lesada. A regra geral é que as câmeras escondidas flagra…

Projeto de lei que criminaliza homofobia será desarquivado

Imagem
O Projeto de Lei Complementar 122/06, que torna a homofobia crime similar ao racismo, foi tirado das gavetas empoeiradas do Senado Federal. A iniciativa da senadora Marta Suplicy (PT-SP) contou com o apoio da bancada do PSOL e outros senadores, totalizando as 27 assinaturas necessárias para que o projeto voltasse a tramitar.

Como é de praxe, ao final de cada legislatura, todos os projetos ainda não votados são arquivados. Foi o que houve com o PLC 122 no final do ano passado. Com o desarquivamento, o PLC 122 volta para a Comissão de Direitos Humanos, onde estava antes de ir para a gaveta. Se aprovado naquela comissão, seguirá para a Comissão de Constituição e Justiça, para, somente depois, ir a plenário.


Belo Monte: Meio milhão de assinaturas contra a usina serão entregues ao governo no dia 08/02

Indígenas, ribeirinhos e atingidos por barragem farão manifestação contra a usina em Brasília para entrega de petições
Mais de 500 mil pessoas dizem não a construção da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. As petições, organizadas pela Avaaz e Movimento Xingu Vivo para Sempre, serão entregues à Presidência da República nesta terça, dia 8 de fevereiro, em um ato contra a usina na Explanada dos Ministérios, em Brasília.

A manifestação, convocada pelo Movimento Xingu Vivo para Sempre, Conselho Indigenista Missionário, Movimento dos Atingidos por Barragens, Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira, Instituto Socioambiental e AVAAZ, contará com a presença de cerca de 150 ribeirinhos e indígenas Kayapó, Juruna, Arara e Xipaya de Altamira, do Sul do Pará e do Mato Grosso, além de cerca de 50 componentes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e dezenas de lideranças sociais e militantes ambientalistas.

Na imprensa: Carnaval do contraditório, por Leonel Camasão*

É uma escolha difícil e corajosa defender Cuba em um samba-enredo no Carnaval de Florianópolis. Esta foi a opção da escola União Ilha da Magia, que terá como tema o samba Cuba sim, em nome da verdade!. Ao contrário do afirmado pelo geógrafo Davi de Souza Schweitzer neste espaço, na edição de 28 de janeiro, a escolha não mancha o Carnaval de Florianópolis. Torna-o espaço do contraditório. Contraditório porque, quando se trata de Cuba, nunca ou quase nunca se dá espaço ao outro lado e ao exercício do divergir, do diferente, o que é fundamental para a imprensa.
Cuba é um país que sofre, há 50 anos, com um embargo econômico dos Estados Unidos. Em 2010, a Organização das Nações Unidas (ONU) condenou os EUA pela 19ª vez consecutiva pelo bloqueio. O bloqueio econômico é uma medida considerada crime contra a humanidade, pois quase impossibilita a reprodução da existência no país. Mesmo assim, Cuba é um dos países com melhor qualidade de vida no mundo. A “miséria” de que fala o senhor Davi é …

TV Câmara: Polêmica sobre homofobia continua na nova legislatura

Bolsonaro ataca com asneiras outra vez

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Imagem
Ex-petista vai disputar presidência da Casa com Marco Maia (PT-RS), favorito, Sandro Mabel (PR-GO) e Jair Bolsonaro (PP-RJ)
O deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) oficializou a sua candidatura à presidência da Câmara, ampliando para quatro o número de postulantes ao cargo: os deputados Marco Maia (PT-RS), favorito na disputa, Sandro Mabel (PR-GO) e Jair Bolsonaro (PP-RJ).
"Reconheço a correlação de forças na Casa, mas entendo que a totalidade dos novos deputados pode não estar contemplada nas três candidaturas já lançadas”, justificou Alencar, que, aos 61 anos, deu início hoje ao seu terceiro mandato como deputado.
Professor e escritor carioca, Alencar militou no PT durante quase 18 anos, quando, em 2005, deixou o partido após o escândalo do mensalão. No mesmo ano, ele ajudou a fundar o PSOL.
Líder do partido, o deputado Ivan Valente (PSOL-SP) afirmou que uma das propostas de Alencar à frente da Câmara será o fim do voto secreto.
"Defendemos a independência e a soberania do Legislati…