Dilma Rousseff manda suspender kit anti-homofobia, informa secretaria-geral da Presidência

Material era elaborado pelo Ministério da Educação para distribuir nas escolas do país

Depois de uma série de protestos das bancadas religiosas na Câmara e no Senado, a presidente Dilma Rousseff mandou nesta quarta-feira suspender o "kit anti-homofobia". O material era elaborado pelo Ministério da Educação (MEC) para distribuição nas escolas. A informação foi dada pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, segundo o site G1. 

— O governo entendeu que seria prudente não editar esse material que está sendo preparado no MEC. A presidente decidiu, portanto, a suspensão desse material, assim como de um vídeo que foi produzido por uma ONG (não foi produzido pelo MEC) a partir de uma emenda parlamentar enviada ao MEC — afirmou o ministro, após reunião com as bancadas evangélica, católica e da família.

Vídeos do kit vazaram na internet

Vazados na internet, vídeos do kit anti-homofobia do Ministério da Educação (MEC) causam polêmica entre grupos conservadores e os defensores dos direitos dos homossexuais. 

Para alguns deputados, os vídeos do kit incentivariam a homossexualidade. Você concorda? 

Antes de qualquer divulgação oficial, anonimamente, uma pessoa postou na rede os três vídeos, que contêm mensagens sobre transexualidade, bissexualidade, e homossexualidade. Assista às produções e deixe a sua opinião:







Fonte: ZERO HORA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil