Nelson Goetten: o Berlusconi catarinense

Berlusconi e Goetten: escândalos sexuais envolvendo prostituição
de menores no "currículo"

Estamos acostumados a ver (poucos) políticos presos por corrupção, lavagem de dinheiro e similares. Entretanto, o presidente estadual do Partido da República (PR), ex-deputado federal e ex-prefeito de Taió, Nelson Goetten, foi para a cadeia ontem acusado de induzir a prostituição de menores. 

Segundo reportagem do Diário Catarinense, Goetten aliciava menores para a satisfação própria, e não para o tráfico de menores. Em outras palavras, Goetten é suspeito de aliciar menores para "consumo próprio" em orgias e festinhas em seu apartamento de praia, em Itapema. Dois supostos cúmplices também foram presos. 

O caso lembra os recentes escândalos sexuais envolvendo Silvio Berlusconi, premiê italiano que também sofre processo por aliciar menores (incluindo uma brasileira) para orgias particulares. O caso é gravíssimo, e mostra como os direitos das crianças, adolescentes e mulheres ainda são violados em Santa Catarina e no Brasil, inclusive por "gente graúda" nos círculos de poder. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Norival Silva pega 12 anos por corrupção passiva

Uma homenagem ao Movimento Estudantil

Sandro Silva renuncia mandato de vereador e Carlito poderá ter maioria na Câmara