Curta "Eduardo e Mônica" patrocinado pela Vivo pode ter sido plagiado

Plágio? Música de Renato Russo inspirou dois
comerciais de telefonia móvel para Dia
dos Namorados num intervalo de 10 anos
Em apenas três dias, o curta "Eduardo e Mônica", baseado na canção homônima da banda Legião Urbana, somou quase 3 milhões de visualizações no Youtube. Para ser exato, 2.984.294, às 15h44 desta sexta, 10 de junho. Ocorre que o vídeo pode ter sido plageado.

Produzido pela Agência África, a mando da Vivo, para uma campanha de dia dos namorados, a ideia de produzir um filme com a canção de Renato Russo já havia sido transformada em um comercial pela ATL Celular, operadora que atuava no Rio de Janeiro e no Espírito Santo.

O "engraçado" é que a suposta coincidência ocorreu no mesmo país, no mesmo segmento (telefonia celular), num comercial da mesma data comemorativa (dia dos namorados) com a mesma canção.Obviamente, o vídeo produzido pela África é muito superior em qualidade.

Ainda assim, o plágio - se ocorreu - deve ser condenado pelas autoridades competentes.

Vídeo da ATL Celular - 2001

Vídeo da Vivo - 2011


Com informações do Estadão

Comentários

cvalentim disse…
Eu não achei plágio. As duas utilizaram a mesma música e enredo. E só! Uma é institucional e a outra é propaganda MESMO para venda de celulares. Pô, só porque uma usou uma PARTE da música há 10 anos atrás a VIVO não pode fazer uma homenagem a essa música que é patrimônio cultural do Brasil? Tem gente que gosta de achar cabelo em ovo mesmo, pelamor! SALVE LEGIÃO URBANA!
(não é uma critica ao Camasão, é para as pessoas que estão falando e defendendo que é um plágio, como se as duas propagandas fossem idênticas).

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil