Transporte entra em greve em Chapecó

Mais uma greve foi iniciada em Santa Catarina. Depois da rede estadual de educação, e das greves dos servidores de Joinville, Blumenau, Biguaçu e dos trabalhadores da UFSC, agora é a vez do transporte coletivo em Chapecó. Motoristas e cobradores do transporte coletivo urbano da cidade deflagraram greve no sistema, à zero hora da última quinta-feira, dia 16. O Sindicato dos Condutores de Veículos e Trabalhadores nas Empresas de Transporte coletivo de Chapecó e Região (Sitracol), reivindica aumento salarial e melhores condições de trabalho. Segundo o presidente do sindicato, Rubismar Cruz, a pauta de reivindicações foi entregue há mais de 60 dias, porém o sindicato patronal não quer sentar para negociar. A paralisação atinge algo entre 60 a 70% dos funcionários.

A paralisação em Chapecó conta com o apoio de outros sindicatos de motoristas e cobradores de ônibus no estado, como o Sintraturb (Grande Florianópolis) e o Sindetranscol (Blumenau e Gaspar). A população também tem apoiado o movimento. 

Comentários

Dima disse…
Como se está dando a notícia da greve dos ônibus de Chapecó, esperava-se uma foto de um terminal da cidade de lá, e não uma foto de um terminal de Blumenau, (proeb.

Postagens mais visitadas deste blog

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil