Justiça determina afastamento do prefeito de Barra Velha e vereadores por desvio de verbas

Seis são suspeitos de desviarem recursos para obras emergenciais
A Polícia Federal (PF) desencadeou na manhã desta sexta-feira a operação El Niño que apura desvio de verbas públicas para obras emergenciais em Barra Velha, no Litoral Norte de Santa Catarina.

Cerca de 40 policiais estão na cidade para cumprir uma medida determinada pela Justiça Federal, que determina o afastamento imediato do prefeito do município, Samir Mattar (PMDB), do presidente da Câmara de Vereadores, do secretário de Obras, do secretário de Planejamento e de mais dois vereadores.

A PF também cumpre mandados de busca e apreensão na prefeitura, na Câmara de Vereadores e na casa de suspeitos de envolvimento no esquema de desvio de verbas.

Segundo as investigações da polícia, recursos federais encaminhados para Barra Velha, destinados à recuperação de áreas atingidas por ressacas do mar e enxurradas, foram usadas em obras sem licitação para favorecimento ilícito.

DIÁRIO CATARINENSE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma homenagem ao Movimento Estudantil

Sandro Silva renuncia mandato de vereador e Carlito poderá ter maioria na Câmara

Norival Silva pega 12 anos por corrupção passiva