Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

Primeira "bicicletada" de 2012 nesta sexta-feira em Joinville

Imagem
Ocorre nesta sexta-feira (24), às 18 horas, o evento Massa Crítica de Joinville, cujo objetivo é debater e “promover as condições necessárias para o uso da bicicleta como meio de transporte no espaço urbano”. A concentração será na Praça da Bandeira e, segundo os organizadores, qualquer veículo movido a propulsão humana, como bicicleta, skate, patinete, patins e outros, é bem-vindo.
Organizado em todo o mundo, o Massa Crítica acontece mensalmente. Em Joinville, porém, onde já foi mais conhecido como “Bicicletada”, estava parada há três anos.
De acordo com os organizadores, “o momento atual é favorável para discutirmos e reivindicarmos nas ruas um transporte público e de qualidade”, em referência aos debates e manifestações sobre o transporte que estão ocorrendo desde dezembro de 2011. O grupo apoia a Frente de Luta pelo Transporte Público no pedido por 14 audiências públicas sobre o novo modelo de transporte coletivo para a cidade.
Além disso, os ciclistas estão se organizando, princ…

Ficha Limpa pode tirar pré-candidato do PV da disputa pela Prefeitura de Joinville

Imagem
A recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) declarando a validade da Lei da Ficha Limpa nas eleições 2012 pode complicar as ambições do Partido Verde em Joinville. O principal nome da sigla, o engenheiro Rogério Novaes, poderá ficar inelegível.
Já em 2010, Novaes teve problemas com a Ficha Limpa. Sua candidatura ao governo do estado foi cassada, e seus votos não foram computados. 
Ele foi enquadrado como inelegível porque as contas de sua administração como presidente do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea-SC) foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). 
Novaes também concorreu à prefeitura de Joinville em 2008, tendo marcado pouco mais de 7 mil votos (2,49%). 
Novo bloco?
Não por acaso, o PV tem participado de reuniões com PR, PRB, PDT, PCdoB e PTdoB. Esses partidos tentam construir um bloco que dê suporte à candidatura de Dr. Xuxo (PR) ou Rodrigo Coelho (PDT). Todas essas siglas estão no rol de aliados do prefeito Carlito Merss (PT), que tentará…

Ministério Público pede cassação do Senador Luiz Henrique (PMDB)

Imagem
Continua vivo em Brasília o processo arquivado no ano passado pelo Tribunal Regional Eleitoral pedindo a cassação do senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) e do deputado estadual Gilmar Knaesel (PSDB) por suposto crime eleitoral em 2010.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai analisar se o repasse de verbas públicas entre janeiro e março daquele ano, quando eram governador e secretário de Turismo, Cultura e Esporte, feriram a lei eleitoral.
Arquivado em agosto de 2011 pelo TRE-SC, o processo andou rápido em Brasília e está pronto para análise do relator, ministro Marcelo Ribeiro. Em dezembro, a ação do Ministério Público Eleitoral em SC ganhou uma aliada de peso: a vice-procuradora-geral eleitoral Sandra Cureau endossou o pedido de cassação em parecer de 18 páginas.
A base do argumento da vice-procuradora – a mesma que pediu multas a Lula por campanha antecipada para Dilma Rousseff em 2010 – é a mesma que motivou a ação em SC: repasse de verbas dos fundos de turismo, cultura e espo…

Drama ou comédia? Veja o samba enredo da Unidos Pela Diversidade

Imagem

Abortos clandestinos matam 200 mil mulheres por ano no Brasil

Imagem
ONU critica legislação brasileira e considera governo omisso na proteção das vítimas
O governo de Dilma Rousseff  (PT) foi colocado contra a parede pelos peritos da Organização das Nações Unidas (ONU), em reunião ocorrida nessa sexta, em Genebra. Para a ONU, o governo brasileiro é omisso em realizar políticas públicas para proteger a vida de milhares de mulheres que morrem ao realizar abortos clandestinos. Segundo estatísticas, 200 mil mulheres morrem todos os anos por ano por conta de abortos inseguros. 
Apesar das declarações pró-legalização do aborto, a ministra da Secretaria de Políticas para a Mulher, Eleonora Menicucci, tem "lavado as mãos" em relação ao tema e jogado toda a responsabilidade sobre a questão para o Congresso Nacional.
A ministra admitiu que o aborto estava entre as cinco principais causas de mortes de mulheres no Brasil.  Em 2007, a ONU já cobrou do Brasil que a criminalização do aborto fosse revisada pelo governo. 
Schulz, uma das especialistas europeia…

Na imprensa: PSOL diz que não está flexibilizando política de alianças para 2012

Samir Oliveira
Integrantes do PSOL reagiram à reportagem PSOL flexibiliza política de alianças nas eleições municipais, publicada pelo Sul21 na última sexta-feira (10). Os socialistas sustentam que não estão flexibilizando sua política de alianças, uma vez que caberá ao diretório nacional do partido definir, em cada caso, a validade de qualquer coligação que vá além do arco tradicional de parcerias, que engloba PSTU e PCB.
Em nota enviada por e-mail, o PSOL de Santa Catarina lembra que a resolução aprovada no congresso nacional do partido, em dezembro do ano passado, já estava em vigor nas eleições municipais de 2008. A diretriz estipula que “o diretório nacional avaliará caso a caso as alianças que avançarem para além do acúmulo da Frente de Esquerda (PSTU e PCB), cabendo somente a essa instância a decisão final sobre a possível concretização de ampliações”.
Na mesma nota, o secretário de Comunicação do PSOL-SC, Leonel Camassão, informa que, em 2008, o partido realizou 21 coligações…

Na imprensa: Esquerda, coluna de Rogemar Santos

Esquerda As direções municipais do PSOL e do PSTU em Joinville deram o primeiro passo para a concretização da Frente de Esquerda para as eleições 2012. Membros das duas siglas discutiram o cenário político da cidade e a necessidade de uma candidatura que represente o campo socialista.
Nome Pré-candidato à Prefeitura de Joinville, o presidente do PSOL Joinville, Leonel Camasão, acredita que a aliança traz uma alternativa para os moradores da cidade. As negociações entre PSOL e PSTU vão seguir nas próximas semanas. Os partidos devem realizar seminários temáticos ao longo do semestre para elaboração de um programa de governo.
“Nós estaremos na campanha para dizer que Joinville tem uma opção, uma opção pela igualdade, pela justiça social e pela democracia" - Leonel Camasão, presidente do PSOL

Na imprensa: PSOL e PSTU podem disputar juntos a eleição

Imagem
Leonel Camasão (PSOL) e Ricardo Lautert (PSTU) conversaram sobre a possibilidade de apresentar uma alternativa para Joinville - Foto: Divulgação
Considerados partidos nanicos e compartilhando a mesma linha ideológica, PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) e PSTU (Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados) podem juntar forças para disputar as eleições municipais de 2012. A união dos partidos, conhecida por “Frente de Esquerda”, teve início em 2006, na candidatura à presidência da alagoana Heloísa Helena (PSOL), e ocorreu em diversas cidades do país, em 2008.
Em Joinville, a conversa entre os partidos teve início na última quarta-feira (15). O presidente do PSOL e pré-candidato à prefeitura, Leonel Camasão, conversou com o membro da direção do PSTU, Ricardo Lautert. Na conversa, os representantes das siglas discutiram o cenário político da cidade e a necessidade de uma candidatura que represente o campo socialista e uma alternativa para a cidade.
"Os outros candidatos querem …

Versão "revolucionária" de "ai se eu te pego" embala onda de protestos em Portugal

Imagem
Uma versão "revolucionária" do sucesso de Michel Teló - Ai se eu te pego - embalou a onda de protestos que toma conta de Portugal. No sábado, 11 de fevereiro, 300 mil pessoas foram às ruas, num protesto contra as medidas de austeridade que estão sendo implementadas no país. O vídeo já possui mais de 25 mil visualizações. 
 Os protestos ocorrem por conta do aumento exponencial do desemprego, o crescente empobrecimento da população e das desigualdades, mas também face ao que os sindicalistas classificam de “subserviência” perante a troika - Banco Central Europeu, Fundo Monetário Internacional e Comissão Europeia. 
 A possibilidade de uma greve geral foi deixada em aberto, caso o governo não ceda em algumas das reivindicações, como é o caso do aumento do salário mínimo.

Na imprensa: Debate - Notícias do Dia, 8 de fevereiro de 2012

Imagem

Para PSOL, Lei de Ordenamento Territorial está a serviço da especulação imobiliária

Imagem
Um projeto de lei que apenas beneficia a especulação imobiliária. Essa é a conclusão tirada pelos membros do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), após debate realizado sobre a Lei de Ordenamento Territorial de Joinville. Participaram do evento alguns estudiosos do tema, como Arno Kumlehm, arquiteto e urbanista, o membro do Instituto Ambiental Rio dos Peixes, Beto Amaral, e o integrante do movimento Joinville Nossa Cidade, Fellipe Giesel. 
Um dos principais elementos expostos pelo debate é a previsão do Plano Diretor sobre a expansão urbana. "Nosso plano diretor prevê que o perímetro urbano da cidade não deve aumentar. Então como o Conselho da Cidade e a Prefeitura enviam um projeto para aumentar a zona urbana? É completamente ilegal", opina o pré-candidato a prefeito e presidente do PSOL Joinville, Leonel Camasão. 
Segundo os palestrantes, outros elementos importantes previstos no Estatuto das Cidades foram "esquecidos" na elaboração da LOT de Joinville. "E…

Nota de solidariedade aos policiais e bombeiros militares baianos

Imagem
Nos dirigimos à sociedade brasileira, autoridades civis e militares e operadores da segurança pública para expressar nossa preocupação com os desdobramentos da paralisação dos trabalhadores militares da Bahia.

Após anos de busca de diálogo e negociação, devido aos baixíssimos salários recebidos pela grande maioria da tropa - que entrega sua vida para fazer segurança pública à população - os policiais e bombeiros militares da Bahia chegaram à uma situação insustentável. O governo baiano, no entanto, fechou a porta para o diálogo e, em uma atitude unilateral, encerrou as negociações. Considerando a falta de diálogo, sobrou ao movimento dos policiais e bombeiros militares baianos o último recurso de luta dos trabalhadores.
O caso que se evidencia na Bahia não é isolado. Pelo país afora diversos movimentos de paralisação de policiais e bombeiros militares têm tomado conta do cenário político. Isso se deve porque a defasagem salarial dos policiais e bombeiros militares estaduais é grave. R…

Na imprensa: Entrevista no Jornal do Almoço sobre licitação do transporte

Imagem
O presidente do PSOL Joinville, Leonel Camasão, foi entrevistado pela equipe do Jornal do Almoço sobre a audiência que debateu a licitação do transporte. Assista no vídeo abaixo