Aumento de salários dos parlamentares de Joinville trará custos de pelo menos meio milhão de reais por ano


Votação foi unânime e contou com o apoio até mesmo do opositor Adilson Mariano (PT)

Os vereadores de Joinville aprovaram, por unanimidade, o aumento nos próprios salários, na ordem de 23,38%, no dia 29 de abril. Com o reajuste, cada parlamentar receberá mais R$ 2.200 reais mensais, aumentando os gastos públicos em pelo menos meio milhão de reais por ano. 

Os vereadores que antes recebiam R$ 9.300 reais passarão a ter salários de R$ 11.500 reais, o equivalente a mais de 18 salários mínimos. A renda média do trabalhador joinvilense é de apenas 1,76 salário mínimo (R$ 1.098 reais). 

Na hora da votação, diversos vereadores deixaram o plenário para não passarem pelo "constrangimento"  de votar a favor do aumento de seu próprio salário. Não estavam presentes na hora da votação os vereadores Patrício Destro (PSD), Tânia Eberhardt (PMDB), Osmari Fritz (PMDB), Odir Nunes (PSD), Roberto Bisoni (PSDB) e Manoel Bento (PT). 

Todos os outros vereadores votaram a favor do aumento, inclusive o vereador Adilson Mariano (PT), que costuma votar favoravelmente às causas do povo. Mariano justificou a votação a favor do projeto porque ele repassa "apenas"  os reajustes dados aos servidores municipais nos últimos quatro anos. 

Não votar é o mesmo que votar a favor

Para o presidente do PSOL Joinville, Leonel Camasão, os vereadores que não apareceram para votar o projeto se omitiram em opinar sobre tão relevante assunto. "Quem não se posiciona fortalece o voto no aumento dos vereadores. Nesse caso, não ir votar é a mesma coisa que votar a favor", acredita. 

VOTARAM A FAVOR*

Adilson Mariano (PT)
Alodir Cristo (DEM)
Dalila Rosa Leal (PSL)
João Rinaldi (PT)
Joaquim dos Santos (PSDB)
Juarez Pereira (PPS)
Jucélio Girardi (PMDB)
Lauro Kalfels (PSDB)
Belini Meurer (PT)
Maurício Peixer (PSDB)
José Cardozo (PPS)
Zilnete Nunes (PSD)

NÃO COMPARECERAM
Patrício Destro (PSD)
Tânia Eberhardt (PMDB)
Osmari Fritz (PMDB)
Odir Nunes (PSD)
Roberto Bisoni (PSDB)
Manoel Bento (PT)

*James Schroeder (PDT) não votou pois no momento, substituía Odir Nunes na presidência da Câmara

Fonte: PSOL Joinville 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma homenagem ao Movimento Estudantil

Sandro Silva renuncia mandato de vereador e Carlito poderá ter maioria na Câmara

Norival Silva pega 12 anos por corrupção passiva