Na imprensa - Temas que dominarão as eleições - A Notícia, 20 de maio


Os pré-candidatos à Prefeitura de Joinville já começaram a percorrer a cidade na busca de subsídios para a formatação dos planos de governo. Visitas às comunidades estão mais frequentes e ficam nos bairros os principais locais para reunião de ideias, segundo Marco Tebaldi. Os tucanos realizam encontros semanais nos bairros para identificar as dificuldades de cada comunidade. “Estamos visitando cidades de fora, buscando exemplos para resolver problemas. Vamos montar um programa de soluções”, fala o vereador Maurício Peixer (PSDB), que trabalha na confecção do plano.

Enquanto isso, o PMDB ativou a Fundação Ulysses Guimarães, responsável por apresentar as ideias que irão compor o plano de governo de Udo Döhler. “O trabalho está sendo feito com a participação de todos os filiados, que buscam referências nas suas comunidades”, fala Cleonir Branco, presidente em exercício da sigla em Joinville.

Desde o começo do ano, Kennedy Nunes trabalha na montagem de seu plano de governo e segue o exemplo do governador Raimundo Colombo: apresentar apenas diretrizes e ir consolidando as soluções ao longo do pleito. “Não podemos estar com algo engessado. Temos de estar prontos para responder às necessidades da sociedade.”

A confecção do plano de governo também já é trabalhada por partidos menores. Leonel Camasão, pré-candidato pelo PSOL, lista temas históricos. “Vamos levantar temas que já deveriam ter sido resolvidos e que estão passando despercebidos, como o subsídio completo à passagem de ônibus”, diz. Já Dr. Xuxo colocou o irmão José Carlos Vieira como responsável pela formatação do pacote de ideias, mas deixa claro que suas prioridades ficarão na área da saúde. “O mais importante é achar soluções viáveis para a saúde. Depois, vamos em busca de soluções para a educação”, diz o ex-deputado federal.

Comentários

Eleições para professores Léo? Não seria diretores?

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil