Carta aos moradores e moradoras de Joinville

Sou Leonel Camasão, sou jornalista, tenho 25 anos. Foi em Joinville que me tornei um ativista dos movimentos sociais. Há nove anos, participo ativamente da vida política da cidade, em busca de uma sociedade mais justa, fraterna e igualitaria. É uma honra estar aqui, a partir desta sexta, dia 6 de junho, para apresentar as propostas do PSOL para nossa cidade.

Sou candidato a prefeito porque acredito em Joinville. Nossa cidade pode e deve avançar. Não precisamos mais escolher entre o presente, que está muito ruim, e um passado que é pior ainda. Joinville pode romper com essa lógica onde os partidos tradicionais se revezam no poder, mas os antigos problemas da cidade continuam sem solução.

Queremos uma Joinville com gestão democrática e participação popular. Queremos uma verdadeira inversão de prioridades. Queremos o protagonismo dos "de baixo" e a submissão dos "de cima" ao interesse público.

Os próximos três meses serão um espaço privilegiado para apresentarmos nossas propostas para a cidade, para nos apresentarmos aos cidadãos e para estabelecermos um diálogo fraterno e respeitoso com toda a sociedade.

A política não precisa ser um balcão de negócios. Por isso, decidimos lançar nossa candidatura sem realizar coligações. Não nos vendemos por tempo de TV ou oferta de cargos, prestígio e poder.

Em 2008, mais de 170 mil pessoas acreditaram em um novo caminho para Joinville, mas infelizmente, a mudança não veio. Os que sempre pregaram a mudança chegaram ao poder e adotaram as mesmas práticas da velha política.

Estamos apresentando uma nova opção. Uma opção pela coragem, pela independência, sem rabo preso com os interesses econômicos. Uma opção pela esquerda. Se você também acredita em Joinville, se você também quer um novo caminho para a nossa cidade, vem com a gente.

Contamos com seu apoio.

Leonel Camasão - 50
Candidato do PSOL à Prefeitura de Joinville

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil