Comam leva nova multa de R$ 5 mil por realizar propaganda antecipada para Tebaldi

Adesivos do "Volta Tebaldi" rendem nova condenação para entidade ligada ao PSDB


A Justiça Eleitoral de Joinville condenou novamente o Conselho Municipal de Associações de Moradores (Comam) ao pagamento de multa no valor de R$ 5 mil. A punição se dá pela realização de propaganda eleitoral antecipada em favor do candidato do PSDB à Prefeitura de Joinville, Marco Tebaldi.

A decisão do juiz Yon Thostes foi tomada nesta terça-feira (10), e acatou parcialmente uma representação movida pelo PSOL contra Tebaldi, contra o Diretório Municipal do PSDB e contra o Comam. Na sentença, o juiz considerou apenas o Comam responsável pelos atos de propaganda antecipada.

No início do ano, o Comam espalhou pela cidade adesivos nas cores do PSDB com os dizeres "Volta Tebaldi". Em maio, a Justiça Eleitoral já havia condenado Tebaldi e o Comam ao pagamento de R$ 10 mil e R$ 5 mil em multas,
respectivamente, em ação movida pelo Ministério Público Eleitoral.

Tebaldi vai pagar multa de R$ 25 mil

A Justiça Eleitoral também condenou Marco Tebaldi a multa de R$ 25 mil por conta de um vídeo institucional do PSDB veiculado no primeiro semestre deste ano. No vídeo, Tebaldi mostrava obras e atacava a atual gestão da Prefeitura de Joinville.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma homenagem ao Movimento Estudantil

Sandro Silva renuncia mandato de vereador e Carlito poderá ter maioria na Câmara

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil