Leonel leva apoio do PSOL à servidores federais

O candidato do PSOL à Prefeitura de Joinville, Leonel Camasão, e o vice Gabriel Chati, participaram na tarde desta quinta-feira da mobilização dos servidores federais, ocorrida no Centro de Joinville.

Diversas categorias de trabalhadores, entre eles, professores da UFSC e do IFSC, Polícia Federal, Receita Federal, trabalhadores do IBGE, das Justiças Federal, do Trabalho e Eleitoral, além de representantes do movimento estudantil da UFSC e do Ielusc, participaram do ato.

Os manifestantes fizeram uma passeata nas principais ruas do centro da cidade e exigem que a presidente Dilma Roussef volte a negociar com os trabalhadores.

Os servidores federais estão paralisados em todo o país. Boa parte deles está sem reajuste nos salários há mais de cinco anos. Segundo o secretário-geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), Josemilton Costa, o movimento atinge 28 órgãos, com 370 mil servidores públicos parados em todo o Brasil.

Leonel e Gabriel distribuiram panfletos com uma declaração de solidariedade à greve, e colocaram o PSOL à disposição das mobilizações. Outras lideranças políticas, como os candidatos a vereador Sebastião Amaral (PSTU) e Adilson Mariano (PT) também participaram do ato e prestaram solidariedade aos servidores federais.

Ao usar o microfone, o candidato do PSOL não pediu votos, mas sim, declarou que o partido está a disposição para ajudar nas mobilizações. "Eu estou aqui para prestar a nossa solidariedade aos servidores e colocar o nosso partido à disposição da greve e do movimento, como sempre fizemos, seja em período eleitoral ou não", afirmou Leonel.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Primeiras impressões sobre os protestos no Brasil