Pesquisa Gazeta/Univali - Leonel pontua e aparece com a menor rejeição

[caption id="attachment_721" align="alignleft" width="300"] Leonel e Gabriel recebem resultado da pesquisa na sede da Gazeta de Joinville[/caption]

A nova pesquisa contratada pelo jornal Gazeta de Joinville mostra a evolução do candidato do PSOL, Leonel Camasão, que consolida sua pontuação na campanha. O socialista aparece com 1,39% das intenções de voto. No levantamento anterior feito pelo mesmo veículo, Leonel não era citado.

Apesar da evolução positiva, Leonel acredita que a pesquisa não retrata o atual momento da campanha. A coleta dos dados foi realizada no dia 16 de agosto, 9 dias antes da divulgação dos resultado. "Pelo dia em que foi coletada, a pesquisa não pode medir o impacto de nossa entrevista no RBS Notícias e do início da propaganda eleitoral", avalia o socialista.

"O maior desafio nessa campanha é de que muita gente ainda não nos conhece. Prova disso é que temos também o menor índice de rejeição", afirma Camasão. "Muita gente está cansada dos candidatos de sempre. Acreditamos que, ao nos conhecer, poderão ver no PSOL uma opção para governar Joinville", argumenta.

Outro elemento importante da pesquisa é que ela foi coletada no dia 16 de agosto, há nove dias quando ainda não havia iniciado o horário eleitoral de rádio e televisão. "Além disso, demos uma boa entrevista na RBS TV, e essa pesquisa não mede a repercussão dela", afirma.

Carlito e Tebaldi tem maior rejeição

O atual prefeito, Carlito Merss (PT), segue com uma altíssima rejeição, na ordem de 51,32%. Tebaldi (PSDB), vem em segundo, com 14,46%. Leonel aparece com  a menor rejeição, de 6,54%.

Balde de água fria em Kennedy

A mesma pesquisa contratada pela Gazeta de Joinville mostra uma grande queda do candidato Kennedy Nunes (PSD). No levantamento anterior feito pelo Ibope e divulgado pela Gazeta, Kennedy liderava com 28% das intenções de voto. Na nova pesquisa, Kennedy cai nove pontos, marcando 19,89%. Comparando os dois levantamentos, revela-se uma certa distribuição dos votos do campo conservador entre Tebaldi, Kennedy e Udo. Enquanto Kennedy perde nove pontos, Udo sobe sete, e Tebaldi, três pontos. Carlito também cai um ponto em comparação com o levantamento do Ibope.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Norival Silva pega 12 anos por corrupção passiva

Uma homenagem ao Movimento Estudantil

Sandro Silva renuncia mandato de vereador e Carlito poderá ter maioria na Câmara