Em troca de cargos, PT decide apoiar Kennedy no 2º turno

Kennedy em apoio a Carlito em 2008: retribuição.
Foto Jessé Gioti
A maioria dos partidos que apoiaram a candidatura de Carlito Merss (PT) no primeiro turno decidiram, nesta segunda-feira,apoiar o candidato do PSD, Kennedy Nunes, no 2º turno.

Nas palavras do ex-coordenador de campanha do PT, Eduardo Dalbosco, "o governo do PMDB não teria espaço para nós". Os partidos que agora apoiam Kennedy já receberam a promessa de cargos, caso o candidato pessedista ganhe as eleições.

Além dos partidos que apoiaram Carlito no primeiro turno (PT, PP, PR, PCdoB e PRB) somam-se ao projeto de Kennedy também o PSDB de Marco Tebaldi, selando uma exótica aliança em nossa cidade. Em caso de vitória, Kennedy já contaria com maioria na Câmara de Vereadores.

PSOL e Esquerda Marxista decidem não apoiar nenhum dos candidatos

A Direção Municipal do PSOL decidiu, na última semana, não apoiar nenhum dos candidatos no segundo turno. Em nota, o partido afirmou:

O PSOL não se vê representado por nenhuma das duas alternativas e por isso não apoiaremos nem indicaremos votos em nenhuma delas. Nos reservamos a orientar a militância do nosso partido ao voto nulo, ao voto de protesto no 50
A Esquerda Marxista, tendência interna do PT, defendeu a posição de voto nulo no segundo turno. Entretanto, perderam na votação do Diretório Municipal do PT. Em caso de vitória de Kennedy, Adilson Mariano deverá adotar uma postura independente na Câmara.

Leia a nota do PSOL sobre o segundo turno
Leia a nota da Esquerda Marxista aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor chama vereador de vagabundo e é declarado 'persona non grata'

Chico Alencar lança candidatura e Câmara tem agora 4 postulantes

Uma homenagem ao Movimento Estudantil