Promessas de ano novo

Fim de ano sempre é tempo de promessas, planos e de sentar na cadeira para traçar objetivos para o ano que se inicia. Para 2015, um de meus objetivos é reativar este já antigo blog, que por muito tempo ficou parado.

Às vezes, este mesmo espaço serviu de site das campanhas que concorri, em 2010, 2012 e 2014. Porém, agora, quero fazer dele um espaço de opinião sobre o que ocorre a nossa volta, em Joinville, em Santa Catarina, no Brasil e no mundo.

Sei que um blog é pouco esforço para objetivos mais nobres, mas se for possível ajudar a estimular o debate, exibir outros pontos de vista, mostrar que existem outros caminhos para se viver, por que não tentar?

Então comecemos neste 1º de janeiro. Mais que primeiro dia do ano ou data da posse da presidência da república e dos 27 novos governadores e governadoras, o primeiro de janeiro é um dia especial na história da humanidade.

É aniversário da revolução cubana.

Nos 56 anos desta importante (e viva!) revolução, nossos amigos do Caribe obtiveram uma das maiores vitórias do socialismo cubano em sua existência. A passos lentos, porém firmes, parece que finalmente o embargo econômico estadunidense cairá. Os primeiros sinais, anunciados por Barack Obama e Raúl Castro, foram a retomada das relações entre os dois países.

Se o anúncio dos dois presidentes marcou 2014, esperamos que, neste ano novo, caia o embargo e que Cuba possa se desenvolver plenamente, mantendo seus princípios, seus serviços públicos de qualidade e sua genuína cultura e modo de vida.

Já em nossas terrinhas, o início de janeiro será de luta. O prefeito Udo Döhler já anunciou o aumento das tarifas de ônibus para R$ 3,25 e R$ 3,70, como sempre, em período de férias escolares.

Feliz 2015, e que venham novos desafios, lutas e sonhos para conquistarmos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Norival Silva pega 12 anos por corrupção passiva

Uma homenagem ao Movimento Estudantil

Sandro Silva renuncia mandato de vereador e Carlito poderá ter maioria na Câmara